Qualidade das dietas industrializadas e suplementos nutricionais de maior prevalência de uso em um hospital público no interior da Bahia

  • Erlania do Carmo Freitas Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Vitória da Conquista-BA, Brasil.
  • Rita Narriman Silva de Oliveira Boery Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Vitória da Conquista-BA, Brasil.
  • Alba Benemérita Alves Vilela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Vitória da Conquista-BA, Brasil.
  • Maria Patricia Milagres Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Vitória da Conquista-BA, Brasil.
Palavras-chave: Alimentos formulados, Método qualitativo, Nutrição, Saúde, Rótulos

Resumo

Introdução: Escolher uma via alternativa para alimentação é complexo, quando se trabalha com pacientes disfágicos, e escolher a melhor dieta para realizar a terapia nutricional desses pacientes, demanda autonomia e expertise da equipe multidisciplinar, em evidência o nutricionista. Objetivo: o presente trabalho objetiva analisar qualitativamente os rótulos das dietas enterais industrializadas, mais utilizadas em um hospital público de grande porte do interior da Bahia. Métodos: Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, do tipo documental descritiva, onde foram coletados e analisados rótulos das dietas e suplementos nutricionais mais utilizados em um hospital público de grande porte no interior da Bahia. Resultados: Observou-se a predominância de dietas ricas em óleos vegetais, como óleo de palma, canola, soja, proteína do soro do leite, maltodextrina e açúcares, e não possuía descritos nos rótulos, o tipo de conservantes utilizados, por se tratar de produtos com longa vida de prateleira.  Conclusão: Os produtos alimentares para fins especiais como são as dietas enterais industrializadas, ainda não deixam claro nos rótulos nem em seus portfólios a composição química destes produtos, bem como quais os tipos de corantes e aditivos conservantes utilizados, para que sua indicação de uso seja feita de forma segura.

Biografia do Autor

Erlania do Carmo Freitas, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Vitória da Conquista-BA, Brasil.
Nutricionista doutoranda em Enfermagem e Saúde pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB,  mestre em Engenharia e Ciências de Alimentos e especialista em Terapia Nutricional no ambiente hospitalar, ambulatorial e domiciliar - Fainor.
Rita Narriman Silva de Oliveira Boery, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Vitória da Conquista-BA, Brasil.
Doutora e Professora Pleno da Graduação e Pós Graduação - PPGES da UESB  
Alba Benemérita Alves Vilela, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Vitória da Conquista-BA, Brasil.

Doutora, Professora Pleno do Departamento de Saúde
Programa de Pós-Graduação Enfermagem e Saúde

Maria Patricia Milagres, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Vitória da Conquista-BA, Brasil.
Mestre em Ciências e Tecnologia de Alimentos
Doutora em 
Ciências e Tecnologia de AlimentosProfessora Adjunta da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Referências

-Akobeng, A. K.; Zhang, D.; Gordon, M.; MacDonald, J. K. Enteral nutrition for maintenance of remission in Crohn's disease. Cochrane Database of Systematic Reviews. Vol.8. 2018.

-Bardin, L. Análise de Conteúdo. Lisboa. Edições. Vol.70. Num. 226. p. 2011.

-Brasil. Manual de terapia nutricional na atenção especializada hospitalar no âmbito do Sistema Único de Saúde-SUS. Departamento de Atenção Especializada e Temática. Brasília. Ministério da Saúde, 2016. Disponível em< http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_terapia_nutricional_atencao_especializada.pdf> Acesso: 26/02/2019.

-Braak, C. C. V.; Klebach, M.; Abrahamse, E.; Minor, M.; Hofman, Z.; Knol, J.; Ludwig, T. A novel protein mixture containing vegetable proteins renders enteral nutrition products non-coagulating after in vitro gastric digestion. Clinical nutrition. Vol.32. Num.5. 2013. p.765-771.

-Cámara, A. G.; Mateos, M. Á. G.; Vivas, P. F.; Oyagüe, M. T. B.; Borda, I. A.; La Paz, M. P. Prevalencia de factores de riesgo cardiovascular en una cohorte de afectados por el síndrome del aceite tóxico. Medicina Clínica. Vol. 121. Num.11. 2003. 405-407.

-Cunha, S. F. C.; Ferreira, C. R.; Braga, C. B. M. Fórmulas enterais no mercado brasileiro: classificação e descrição da composição nutricional. International Journal of Nutrology. Vol. 4. Num.6. 2011. p. 71-86.

-Cuppari, L. Nutrição clínica no adulto. 3ª edição. São Paulo. Manole. 2014.

-Galán, M. G.; Drago, S. R. Effects of Soy Protein and Calcium Levels on Mineral Bioaccessibility and Protein Digestibility from Enteral Formulas. Plant foods for human nutrition. Vol. 69. Num.3. 2014. p. 283-289.

-Hegazi, R. A.; Wischmeyer, P. E. Clinical review: optimizing enteral nutrition for critically ill patients-a simple data-driven formula. Critical Care. Vol.15. Num.6. 2011. p. 234.

-Lewis, J. L. The regulation of protein content and quality in national and international food standards. British Journal of Nutrition. Vol.108. Num. S2. 2012. p. S212-S221.

-Mahan, K.L.; Escott-Stump, S. Krause: Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. 13ª edição. São Paulo. Roca. 2012.

-Martín-Arribas, M. C.; Izquierdo Martínez, M.; Andrés Copa, P.; Ferrari Arroyo, M. J.; Posadade la Paz, M. Characteristics of disability and handicap among toxic oil syndrome (TOS) cohort patients: a cross-sectional study, 17 years after the original food intoxication. Disability and rehabilitation. Vol. 25. Num. 20. 2003. p.1158-1167.

-Melo, T. T. R. D.; Almeida, R. R. D.; Sousa, M. F. C. D. Adequação do suporte nutricional em pacientes em uso de terapia nutricional enteral. Nutrición clínica y dietética hospitalaria. Vol. 1. Num.1. 2017. p. 117-123.

-Minayo, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 10ª edição. São Paulo. Hucitec. 2007. p.406.

-Nascimento, A. R.; Oliveira, A. L.; Pereira, D. C. A.; Amorim, H. C. O.; Ferreira, J. N.; Lobão, L. D. M. C. P.; Figueiredo, P. D. M. S. Avaliação microbiológica de dietas enterais industrializadas manipuladas em um Hospital Público de São Luís-MA. Hig. Aliment. Vol. 29. Num. 248/249. 2015. p. 194-199.

-Nasab, Y, Z.; Vanak, P, Z. A Study on the Specifications of Cold Pressed Colza Oil. Recent patents on food, nutrition & agriculture. Vol.7. Num.1. 2015. p. 47-52.

-Santos, V. F. N. D.; Bottoni, A.; Morais, T. B. D. Qualidade nutricional e microbiológica de dietas enterais artesanais padronizadas preparadas nas residências de pacientes em terapia nutricional domiciliar. Revista de nutrição. Vol. 26. Num. 2. 2013. p. 205-214.

-Richardson, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3ª edição. São Paulo. Atlas. 2008.

-Simon, M. I. S. D. S.; Freimüller, S.; Tondo, E. C.; Ribeiro, A. S.; Drehmer, M. Qualidade microbiológica e temperatura de dietas enterais antes e após implantação do sistema de análise de perigos e pontos críticos de controle. Revista de Nutrição. Vol.20. Num.1. 2007. p.139-48.

-Sousa, L. R. M.; Ferreira, S. M.R.; Schieferdecker, M. E. M. Physicochemical and nutricional characteristics of handmade enteral diets. Nutricion hospitalaria, Vol. 29. Num. 3. 2014.

-Shimogawa, T.; Morioka, T.; Hagiwara, N.; Akiyama, T.; Sayama, T.; Haga, S.; Arakawa, S. Infection control effect of dietary fluid with whey peptide in the management of patients with severe intracranial hemorrhage during the acute stage. Hukuoka acta medica. Vol. 106. Num. 11. 2015. p 302-307.

-Toledo. D. Terapia Nutricional Em UTI. Vol.1. Num.1. 2014. p. 105-119.

-Yu, J.; Jiang, J.; Ji, W.; Li, Y.; Liu, J. Glucose-free fructose production from Jerusalem artichoke using a recombinant inulinase-secreting Saccharomyces cerevisiae strain. Biotechnology letters. Vol.33. Num. 1. 2011. p.147-152.

Publicado
2020-05-16
Como Citar
Freitas, E. do C., Boery, R. N. S. de O., Vilela, A. B. A., & Milagres, M. P. (2020). Qualidade das dietas industrializadas e suplementos nutricionais de maior prevalência de uso em um hospital público no interior da Bahia. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 13(81), 714-722. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/1047
Seção
Artigos Científicos - Original