Avaliação da insatisfação da imagem corporal e possíveis transtornos alimentares em estudantes de áreas da saúde de uma faculdade particular de Bauru-SP

  • Marcela Rodrigues Bernardino Faculdades Integradas de Bauru (FIB), Bauru-SP, Brasil.
  • Carolina Tarcinalli Souza Faculdades Integradas de Bauru (FIB), Bauru-SP, Brasil.
  • Fabiane Valentini Francisqueti Faculdades Integradas de Bauru (FIB), Bauru-SP, Brasil.
  • Débora Tarcinalli Souza Faculdades Integradas de Bauru (FIB), Bauru-SP, Brasil.
Palavras-chave: Imagem corporal, Transtornos alimentares, Anorexia nervosa

Resumo

Os transtornos alimentares (TA) são transtornos psiquiátricos que trazem prejuízos emocionais e sociais, elevando a taxa de morbidade e mortalidade na população, afeta principalmente adolescentes do sexo feminino na faixa etária de 15 a 25 anos, embora possa acometer os adolescentes do sexo masculino. Dentre os TA mais comuns podemos encontrar a Anorexia Nervosa (AN) e a Bulimia Nervosa (BN). Verifica-se que a insatisfação corporal pode ser uma das manifestações clínicas determinantes para os TA, sendo que a imagem corporal (IC) está relacionada ao tamanho e à forma do corpo e dos sentimentos em relação à forma física, por isso, este trabalho teve como objetivo identificar o grau de insatisfação da imagem corporal em estudantes de ambos os sexos, com idade de 18 a 22 anos dos cursos da saúde de uma faculdade particular da Bauru-SP. Foi utilizado uma anamnese alimentar, incluindo avaliação antropométrica e os questionários Body Shape Questionarire - BSQ-34 e Atitudes Alimentares - EAT-26. Quanto aos resultados, observou-se que 30% da amostra eram do sexo masculino e 70% do sexo feminino, sendo que a idade média foi de 19 (± 1,0) anos, a ansiedade e compulsão alimentar, foram encontradas em 77,7% e 31,9% respectivamente. Quanto a avaliação do estado nutricional 63,8% estavam eutróficos e 28% acima do peso. Verificou-se que 30% apresenta-se insatisfeito com sua imagem corporal, sendo evidenciado por ambos os questionários, pois apresentam resultados semelhantes, ou seja, essa população precisa de orientação nutricional e psicológica para evitar que maiores problemas possam acontecer, como a anorexia nervosa.

Biografia do Autor

Débora Tarcinalli Souza, Faculdades Integradas de Bauru (FIB), Bauru-SP, Brasil.
Coordenação de Nutrição

Referências

-Alves, E. Sintomas de anorexia nervosa e imagem corporal em adolescentes femininas do município de Florianópolis-SC. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Santa Catarina. 2006

-Araújo, A. H. I. Influências de quadros de ansiedade e depressão no consumo alimentar em adultos jovens saudáveis. Dissertação de Mestrado. Universidade de Brasília. Brasília. 2017.

-Bandeira, Y. E. R.; Mendes, A. L.R.F.; Cavalcante, A. C. M.; Arruda, S. P. M. Avaliação da imagem corporal de estudantes do curso de Nutrição de um centro universitário particular de Fortaleza. J Bras Psiquiatr. Vol. 65. Núm. 2. p. 168-73. 2016.

-Bento, K. M.; e colaboradores. Transtornos alimentares, imagem corporal e estado nutricional em universitárias de Petrolina-PE. Revista brasileira de Ciência da Saúde. Vol. 20. Núm. 3. p. 197-202. 2016.

-Campana, A. N. N. B.; Campana, M. B.; Tavares, M. C. G. C. F. Escalas para avaliação da imagem corporal nos transtornos alimentares no Brasil. Aval. psicol. Vol. 8. Núm. 3. p. 437-446. 2009.

-Feitosa, E. P. S.; e colaboradores. Hábitos alimentares de estudantes de uma universidade pública no Nordeste, Brasil. Revista Alimentação e Nutrição. Vol. 21. Núm. 2. p. 225-230. 2010.

-Fernandes, A. C. C.F.; Silva, A. L. S.; Medeiros, K. F.; Queiroz, N.; Melo, L. M. Avaliação da auto-imagem corporal e o comportamento alimentar de mulheres. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Núm. 63. p.252-258. 2017.

-Fortes, L. S.; e colaboradores. Efeitos de diversos fatores sobre o comportamento alimentar de adolescentes. Ciênc. Saúde Coletiva. Vol. 18. Núm. 11. p. 3301-3310. 2013.

-Gonçalves, P.; e colaboradores. Avaliação da satisfação com a autoimagem corporal em bailarinas. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. São Paulo. Vol. 11. Núm. 66. p. 301-308. 2017.

-Kirsten, V. R.; Fratton, F.; Porta, N. B. D. Transtornos alimentares em alunas de nutrição do Rio Grande do Sul. Rev. Nutr. Vol. 22. Núm. 2. p. 219-227. 2009.

-Maciel, M. G.; Brum, M.; Bianco, G. P. D.; Costa, L. C. F. Imagem corporal e comportamento alimentar entre mulheres em prática de treinamento resistido. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 13. Núm. 78. p.159-166. 2019. Disponível em: <https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=6817529>.

-Martins, C. R.; e colaboradores. Insatisfação com a imagem corporal e fatores associados em universitários. Estudos de Psicologia. Vol. 17. Núm. 2. p. 241-246. 2012.

-Monteiro, J. P.; Camelo Júnior, J. S. Caminhos da Nutrição e Terapia Nutricional: da Concepção à Adolescência. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan. 2011.

-Moraes, J. M. M.; e colaboradores. Fatores associados à insatisfação corporal e comportamentos de risco para transtornos alimentares entre estudantes de nutrição. Rev Pesq Saúde. Vol. 17. Núm. 2. p. 106-111. 2016.

-Moreira, D. E.; e colaboradores. Transtornos alimentares, percepção da imagem corporal e estado nutricional: estudo comparativo entre estudantes de nutrição e de administração. RASBRAN - Revista da Associação Brasileira de Nutrição. São Paulo. Ano 8. Núm. 1. p. 18-25. 2017.

-Moussally, J. M.; Rochat, L.; Posada, A.; Linden, M. V. A database of body-only computer-generated pictures of women for body-image studies: Development and preliminary validation. Behav Res Núm. 49. p. 172-183. 2017.

-Nacif, M.; Viebig, R. F. Avaliação antropométrica no ciclo da vida: uma visão prática. 2ª edição. São Paulo. Editora Metha. 2011.

-Petroski, L. Antropometria: Técnica e Padronizada. 5ª edição. Várzea Paulista. Fontoura. 2011.

-Philippi, S. T.; e colaboradores. Pirâmide alimentar adaptada: guia para escolha dos alimentos. Rev. Nutr. Vol. 12. Núm. 1. p. 65-80. 1999.

-Pimenta, F.; Leal, I.; Maroco, J.; Rosa, B. Validação do Body Shape Questionarire (BSQ) numa amostra de mulheres de meia-idade. Atas do 9 Congresso Nacional de Psicologia da Saúde. Lisboa: Placebo, Editora LDA. 2012. Disponível em: Acesso em 11/04/2017.

-Reis, J. A.; Silva Junior, C. R. R.; Pinho, L. Fatores associados ao risco de transtornos alimentares entre acadêmicos da área de saúde. Rev. Gaúcha Enferm. Vol. 35. Núm. 2. p. 73-78. 2014.

-Sampaio, H.A. C.; Silva, I. A.; Parente, N. A.; Carioca, A. A.F. Family environment and risk of having health college students developing eating disorders. Demetra. Vol.14. e33308. p. 1-15. 2019.

-Souza, Q. J. O. V.; Rodrigues, A. M. Comportamento de risco para ortorexia nervosa em estudantes de nutrição. J. bras. psiquiatr. Vol. 63. Núm. 3. p. 200-204. 2014.

-World Health Organization. Obesity: preventing and managing the global epidemic. Geneva. WHO. 1998.

Publicado
2020-05-16
Como Citar
Bernardino, M. R., Souza, C. T., Francisqueti, F. V., & Souza, D. T. (2020). Avaliação da insatisfação da imagem corporal e possíveis transtornos alimentares em estudantes de áreas da saúde de uma faculdade particular de Bauru-SP. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 13(82), 888-897. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/1083
Seção
Artigos Científicos - Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##