Formação pedagógica e perfil do preceptor de nutrição no estágio supervisionado

  • Maria dos Milagres Farias da Silva Programa de Pós Graduação em Mestrado Profissional Ensino na Saúde (CMEPES), Universidade Estadual do Ceará (UECE), Fortaleza-CE, Brasil.
  • Annatália Meneses de Amorim Gomes Programa de Pós Graduação em Mestrado Profissional Ensino na Saúde (CMEPES), Universidade Estadual do Ceará (UECE), Fortaleza-CE, Brasil.
  • Cleide Carneiro Programa de Pós Graduação em Mestrado Profissional Ensino na Saúde (CMEPES), Universidade Estadual do Ceará (UECE), Fortaleza-CE, Brasil.
  • Valesca Mônica Rodrigues Lima Universidade Estadual do Ceará - UECE Mestre pelo Programa de Mestrado Profissional Ensino na Saúde.
  • Carla Maria Fernandes da Silva Lima Faculdade Mauricio de Nassau (FMN) Teresina-PI, Brasil.
Palavras-chave: Educação, Ensino, Preceptoria, Nutrição

Resumo

O preceptor tem papel fundamental na apropriação, por parte dos estudantes, de competências para a vida profissional, incluindo conhecimentos, habilidades e atitude. Deve ser o responsável por estreitar a distância entre a teoria e a prática na formação dos estudantes de graduação. Esta pesquisa trate-se de um estudo descritivo com abordagem quantitativa. A pesquisa foi realizada com preceptores do curso de graduação em Nutrição de dois centros universitários particulares situados no município de Teresina. A população do estudo foi composta por 14 preceptores inseridos no curso de Nutrição. Ressalta-se que, dos 14 preceptores que tinham realizado curso de pós-graduação lato sensu (especialização) quanto stricto sensu (mestrado). As IES promovem encontros e reuniões, entre os supervisores e preceptores. Ainda não existe a oferta de uma capacitação direcionada para a prática pedagógica do exercício da preceptoria. Conclui-se que a preceptoria ainda vem se desenvolvendo com caráter meramente técnico relacionado ao saber fazer para o estudante da graduação. No entanto ainda são imprescindíveis uma capacitação pedagógica sobre o papel do preceptor nos campos de estágios, com enfoque na educação.

Referências

-Barreto, V.H.L.; Monteiro, R.O.S.; Magalhães, G.S.G.; Almeida, R.C.C.; Souza, L.N. Papel do Preceptor da Atenção Primária em Saúde na Formação da Graduação e Pós-Graduação da Universidade Federal de Pernambuco - um Termo de Referência. Rev. Bras. de Educação Médica. Vol. 35. Núm. 4. p. 578-583. 2011.

-Bentes, A.; e colaboradores. Preceptor de residência médica: funções, competências e desafios a contribuição de quem valoriza porque percebe a importância: nós mesmos! Cadernos ABEM. Vol. 41. Núm. 2. p.320-326. 2013.

-Botti, S.H.O.; Rego, S. Preceptor, supervisor, tutor e mentor: quais são seus papéis? Rev. bras. educ. med. Vol. 32. Núm. p.363-73. 2008.

-Corte, M.G.D. O estágio curricular e a formação de qualidade do pedagogo. 2010. Tese Doutorado em Educação. Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre. 2010.

-Farjado, A.P. Os tempos da docência nas residências em área profissional da saúde: ensinar, aprender e (re) construir as instituições-escola na saúde. Tese de Doutorado. Faculdade de Educação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2011.

-Ferreira, F.C.; Dantas, F.C.; Valente, G.S.C. Saberes e competências do enfermeiro para preceptoria em unidade básica de saúde. Rev. Bras. Enferm. Vol. 71. Sup. 4. 2018.

-Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Brasília: INEP; 2013. Disponível em: http://www.inep.gov.br/

-Missaka, H.; Ribeiro, V.M.B. A preceptoria na formação médica: o que dizem os trabalhos nos congressos Brasileiros de educação médica 2007-2009. Rev. Bras. Educ. Med. Vol. 35. Núm. 3. p. 303-310. 2011.

-Oliveira, S.; Alvarez, D.; Brito, J. A dimensão gestionária do trabalho: aspectos da atividade de cuidado. Ciênc. Saúde Colet. Rio de Janeiro. Vol.18. Núm. 6. p.1581-1589. 2013.

-Rocha, H.C.; Ribeiro, V.B. Curso de formação pedagógica para preceptores do internato médico. Revista Brasileira de Educação Médica. Vol. 36. Núm. 3. p. 343-350. 2012.

-Santos, W.P. Influência dos Programas de Reorientação da formação do profissional da saúde no processo de trabalho: perspectiva dos preceptores. Dissertação Mestrado Profissional em Ensino na Saúde. Programa de Pós-graduação em Ensino na Saúde. Faculdade de Medicina. Universidade Federal de Goiás-GO. 2016. Disponível em: < http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6383>. Acesso em: 27/11/17.

-Souza, S.S.; Costa, R.; Shiroma, L.M.B.; Maliska, I.C.A.; Amadigi, F.R.; Pires, D.E.P. Reflexões de profissionais de saúde acerca do seu processo de trabalho. Rev. Eletr. Enf. Vol. 12. Núm. 3. p.449-55. 2010.

-Werneck, M.A.F.; Senna, M.I.B; Drumond, M.M. Nem tudo é estágio: contribuições para o debate. Ciência & Saúde Coletiva. Vol. 15. Núm. 1. p. 221-231. 2010.

Publicado
2020-05-17
Como Citar
da Silva, M. dos M. F., de Amorim Gomes, A. M., Carneiro, C., Rodrigues Lima, V. M., & da Silva Lima, C. M. F. (2020). Formação pedagógica e perfil do preceptor de nutrição no estágio supervisionado. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 13(82), 917-921. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/1092
Seção
Artigos Científicos - Original