Transtornos alimentares e cirurgia bariátrica no brasil: uma revisão integrativa

  • Maria Júlia Pereira Universidade de Franca, Franca-SP, Brasil.
  • Louise Reche Barcelos Universidade de Franca, Franca-SP, Brasil.
  • Marina Garcia Manochio-Pina Universidade de Franca, Franca-SP, Brasil.
Palavras-chave: Cirurgia bariátrica, Bulimia nervosa, Transtornos da alimentação e da ingestão de alimentos, Anorexia nervosa, Transtorno da compulsão alimentar

Resumo

Introdução: A cirurgia bariátrica é considerada a ferramenta mais eficaz no controle e no tratamento da obesidade severa. A existência de transtornos alimentares é um dos fatores que podem comprometer a adesão e ao tratamento. Objetivo: Identificar transtornos alimentares no pré e pós-operatório de cirurgia bariátrica no Brasil. Materiais e Métodos: Esta é uma revisão integrativa da literatura nacional, realizada nas bases de dados BVS, SCIELO, Portal Periódicos Capes e PUBMED. O recorte temporal considerado foi um total de cinco anos de 2014 a 2018. Para a busca dos artigos, foram utilizados descritores selecionados mediante consulta aos Descritores em Ciências da Saúde sendo “cirurgia bariátrica”, em combinação com “bulimia nervosa”, “transtornos da alimentação e da ingestão de alimentos”, “anorexia nervosa” e “transtorno da compulsão alimentar” - em português e inglês. Resultados: Foram localizadas 34504 publicações, após refinar por meio dos critérios de inclusão e exclusão, a amostra final foi constituída por 9 artigos. O comportamento mais avaliado foi a compulsão alimentar. O fator emocional se mostrou presente em todos os artigos analisados. Foi observada uma tendência, após cinco anos de cirurgia, de o estado emocional dos pacientes interferir mais na alimentação, esse comportamento alimentar também se mostrou maior entre aqueles que reganharam peso. Conclusão: A presença dos transtornos alimentares, e principalmente do transtorno da compulsão alimentar, é alta, aparecendo tanto no pré quanto no pós-cirúrgico. Tendo um impacto tanto na perda de peso, quanto na qualidade de vida. Os transtornos alimentares não desaparecem somente com a cirurgia, é necessário um acompanhamento interdisciplinar.

Referências

-American Psychiatric Association (APA). DSM-5: Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. Artmed Editora. 2014.

-Associação brasileira para o estudo da obesidade e da síndrome metabólica. Diretrizes Brasileiras de Obesidade 2016 / ABESO. 4ª edição. São Paulo. 2016.

-Brolin, R.L.; Robertson, L.B.; Kenler, H.A.; Cody, R.P. Weight loss and dietary intake after vertical banded gastroplasty and Roux-en-Y gastric bypass. Annals of surgery. Vol. 220. Num. 6. 1994. p. 782.

-Colles, S.L.; Dixon, J.B.; O'Brien, P.E. Night eating syndrome and nocturnal snacking: association with obesity, binge eating and psychological distress. International journal of obesity. Vol. 31. Num. 11. 2007. p. 1722-1730.

-Costa, A.J.R.B.; Pinto, S.L. Binge eating disorder and quality of life of candidates to bariatric surgery. ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva. São Paulo. Vol. 28. 2015. p. 52-55.

-Descritores em Ciências da Saúde: DeCS. BIREME / OPAS / OMS, 2019. São Paulo. 2019. Disponível em: < http://decs.bvsalud.org >. Acesso em 20/02/2019.

-Ehrenbrink, P.P.; Pinto, E.E.P.; Prando, F.L. Um novo olhar sobre a cirurgia bariátrica e os transtornos alimentares. Psicologia Hospitalar. Vol. 7. Num. 1. 2009. p. 88-105.

-Fandiño, J.; Benchimol, A.K.; Coutinho, W.F.; Appolinário, J.C. Cirurgia bariátrica: aspectos clínico-cirúrgicos e psiquiátricos. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul. Vol. 26. Num. 1. 2004. p. 47-51.

-Finucane, M.M.; Stevens, G.A.; Cowan, M.J.; Danaei, G.; Lin, J.K.; Paciorek; Singh G.M.; Gutierrez H.R.; Lu Y.; Bahalim A.N.C.J.; Farzadfar, F.; Riley L.M.; Ezzati M. National, regional, and global trends in body-mass index since 1980: systematic analysis of health examination surveys and epidemiological studies with 960 country-years and 9·1 million participants. The Lancet. Vol. 377. Num. 9765. 2011. p. 557-567.

-Freitas, S.; Gorenstein, C.; Appolinario, J.C. Instrumentos para a avaliação dos transtornos alimentares. Revista Brasileira de Psiquiatria. Vol. 24. 2002. p. 34-38.

-Horvath, J.D.; Kops, N.L.; de Castro, M.L.; Friedman, R. Food consumption in patients referred for bariatric surgery with and without binge eating disorder. Eating behaviors. Vol. 19. 2015. p. 173-176.

-Jesus, A.D.; Barbosa, K.B.F.; Souza, M.F.C.; Conceição, A.M.S. Comportamento alimentar de pacientes de pré e pós-cirurgia bariátrica. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol. 11. Num. 63. 2017. p. 187-196.

-Koshy, A.A.; Bobe, A.M.; Brady, M.J. Potential mechanisms by which bariatric surgery improves systemic metabolism. Translational Research. Vol. 161. Num. 2. 2013. p. 63-72.

-Lima, L.S. Comportamento alimentar e qualidade de vida após 24 meses de cirurgia bariátrica. Dissertação de Mestrado em Nutrição Humana. Universidade de Brasília. 2012.

-Machado, C.E.; Zilberstein, B.; Cecconello, I.; Monteiro, M. Compulsão alimentar antes e após a cirurgia bariátrica. ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva. São Paulo. Vol. 21. Num. 4. 2008. p. 185-191.

-Marcelino, L.F.; Patrício, Z.M.A complexidade da obesidade e o processo de viver após a cirurgia bariátrica: uma questão de saúde coletiva. Ciência & Saúde Coletiva. Vol. 16. Num. 12. 2011. p. 4767-4776.

-Mauro, M.F.F.; Appolinario, J.C.; Papelbaum, M.; Brasil, M.A.A.; Carneiro, J.R.I. O transtorno da compulsão alimentar (TCA) tem impacto no reganho de peso após a cirurgia bariátrica? Relato de caso. Jornal Brasileiro de Psiquiatria. Vol. 66. Num. 4. 2017. p. 221-224.

-Meany, G.; Conceição, E.; Mitchell, J.E. Binge eating,binge eating disorder and loss of control eating: effects on weightoutcomes after bariatric surgery.European Eating DisordersReview. Vol. 22. Num. 2. 2014. p. 87-91.

-Nascimento, C.A.D.D.; Bezerra, S.M.M.D.S.; Angelim, E.M.S. Vivência da obesidade e do emagrecimento em mulheres submetidas à cirurgia bariátrica. Estudos de Psicologia. Natal. Vol. 18. Num. 2. 2013. p. 193-201.

-Natacci, L.; Júnior, M. The three factor eating questionnaire - R21: Tradução para o português e aplicação em mulheres brasileiras. Revista de Nutrição de Campinas. Vol. 24. Num. 3. 2011. p. 383-394.

-Novelle, J.M.; Alvarenga, M.S. Cirurgia bariátrica e transtornos alimentares: uma revisão integrativa. Jornal Brasileiro de Psiquiatria. Vol. 65. Num. 3. 2016. p. 262-285.

-Prazeres, I.S.; Coral, M.H.C.; Debona, R.M.; Leonildo, E. Prevalência da compulsão alimentar periódica e desenvolvimento de obesidade grave. Revista da Sociedade Brasileira de Clínica Médica. Vol. 15. Num. 2. 2017. p. 75-79.

-Silva, F.B.L. Fatores associados ao reganho de peso após 24 meses de gastroplastia redutora em y-de-Roux. Dissertação de Mestrado em Nutrição Humana. Universidade de Brasília. 2012.

-Silva, M.D.O.; Araujo, M.S.M. Desordens no comportamento alimentar antes e após a cirurgia de bypass gástrico em um hospital público. Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr. Vol. 39. Num. 1. 2014. p. 68-83.

-Silva-Neto, E.F.; Vázquez, C.M.; Soares, F.M.; Silva, D.G.; Souza, M.F.; Barbosa, K.B. Bariatric surgery reverses metabolic risk in patients treated in outpatient level. Arq Bras Cir Dig. Vol. 27. Num. 1. 2014. p. 38-42.

-Smaidi, K. Psiquiatria na prática médica: cirurgia bariátrica e seus aspectos psiquiátricos. Psychiatry on line Brasil. Vol. 21. Num. 1. 2016.

-Striegel‐Moore, R.H.; Franko, D.L. Epidemiology of binge eating disorder. International Journal of Eating Disorders. Vol. 34. Num. 1. 2003. p. 19-29.

-Tae, B.; Pelaggi, E.R.; Moreira, J.G.; Waisberg, J.; Matos, L.L.; D’Elia, G. O impacto da cirurgia bariátrica nos sintomas depressivos e ansiosos, comportamento bulímico e na qualidade de vida. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Vol. 41. Num. 3. 2014. p. 155-160.

-Venzon, C.N.; Alchieri, J.C. Indicadores de compulsão alimentar periódica em pós-operatório de cirurgia bariátrica. Psico. Vol. 45. Num. 2. 2014. p. 239-249.

-Wadden, T.A.; Sarwer, D.B.; Fabricatore, A.N.; Jones, L.; Stack, R.; Williams, N.S. Psychosocial and behavioral status of patients undergoing bariatric surgery: what to expect before and after surgery. Medical Clinics of North America. Vol. 91. Num. 3. 2007. p. 451-469.

-Wood, K.V.; Ogden, J. Explaining the role of binge eating behaviour in weight loss post bariatric surgery. Appetite. Vol. 59. Num. 1. 2012. p. 177-180.

Publicado
2022-07-08
Como Citar
Pereira, M. J., Barcelos, L. R., & Manochio-Pina, M. G. (2022). Transtornos alimentares e cirurgia bariátrica no brasil: uma revisão integrativa. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 15(97), 1003-1013. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/1358
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original