Obesidade abdominal e fatores associados em adolescentes

  • Edinalva Rodrigues Alves Universidade CEUMA, São Luís-MA, Brasil.
  • Adriana Sousa Rêgo Universidade CEUMA, São Luís-MA, Brasil.
  • Alyne Regina Ceglio Lopes Universidade CEUMA, São Luís-MA, Brasil.
  • Andressa Pestana Brito Universidade CEUMA, São Luís-MA, Brasil.
  • Wyllyane Rayana Chaves Carvalho Santos Instituto Florence, São Luís-MA, Brasil.
  • Flor de Maria Araújo Mendonça Silva Universidade Federal do Maranhão (UFMA), São Luís-MA, Brasil.
  • Eliziane Gomes da Costa Moura da Silva Universidade CEUMA, São Luís-MA, Brasil.
  • Janaina Maiana Abreu Barbosa Universidade CEUMA, São Luís-MA, Brasil.
Palavras-chave: Adolescente, Obesidade Abdominal, Circunferência da Cintura

Resumo

Objetivo: Verificar a prevalência de obesidade abdominal e seus fatores associados em adolescentes. Materiais e métodos: Estudo transversal e analítico desenvolvido em escola pública do Maranhão, com 152 adolescentes. Os dados foram coletados utilizando questionário com variaveis socioeconômicas, demográficas, estilo de vida, consumo alimentar e antropométricas. A variável dependente foi a obesidade abdominal, definida pela circunferência da cintura. Realizou-se o método de regressão de Poisson utilizando o programa Stata® versão 12.0. Resultados: Dos adolescentes entrevistados, 56,5% eram do sexo feminino, 39,5% tinham idade de 17 a 19 anos e 72,9% consumiam refrigerante de 1 a 4 vezes por semana. De acordo com o IMC, 5,3% estavam com sobrepeso. No que se refere aos indicadores antropométricos 11,1% e 31,3% apresentavam risco para doenças cardiovasculares de acordo a razão cintura/estatura e circunferência do pescoço, respectivamente. A prevalência de obesidade abdominal foi de 14,6%. Ter idade de 17 a 19 anos (IRR=2,44; IC=1,16-5,13), ser fumante (IRR=4,18; IC=2,33-0,00), consumir refrigerante (IRR=0,43; IC=0,20-0,92) e bebidas energéticas (IRR=2,49; IC=1,00-6,19) de 1 a 4 vezes por semana foram associados a obesidade abdominal. Discussão: A literatura mostra a associação do fumo e do consumo de bebidas ricas em açúcares de adição com a obesidade abdominal. Conclusão: Observa-se a necessidade de adotar medidas de avaliação, identificação e monitoramento do estado nutricional de escolares, com o intuito de promover intervenções nutricionais precoces.

Referências

-Alves, M.A. Padrões alimentares e associação com sobrepeso/obesidade: estudo de riscos cardiovasculares em adolescentes (ERICA). Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis. 2017.

-Beck, C. C.; Lopes, A.S.; Pitanga, F. J. G. Indicadores antropométricos de sobrepeso e obesidade como preditores de alterações lipídicas em adolescentes. Revista Paulista de Pediatria. Vol. 29. Num. 1. p. 46-53. 2011.

-Bertoni, N.; Almeida, L. M.; Szklo, M.; Figueiredo, V. C.; Szklo, A.S. Assessing the relationship between smoking and abdominal obesity in a National Survey of Adolescents in Brazil. Preventive Medicine. Vol.111. p. 1-5. 2018.

-Bittencourt, A. L. P.; França, L. G.; Goldim, J. R. Adolescência vulnerável: fatores biopsicossociais relacionados ao uso de drogas. Revista Bioética. Vol. 23. Num. 2. p. 311-319. 2015.

-Bozza, R.; Campos, W. de.; Bacil, E. D. A.; Filho, V. C. B.; Hardt, J. M.; Silva, P. M da. Sociodemographic and behavioral factors associated with body adiposity in adolescents. Revista Paulista de Pediatria. Vol. 32. Num. 3. p. 241-246. 2014.

-Burgos, M.S.; Reuter, C.P.; Possuelo, L.G.; Valim, A.R.; Renner, J.D.; Tornquist, L.; Tornquist, D.; Gaya, A.R. Obesity parameters as predictors of early development of cardiometabolic risk factors. Ciência Saúde Coletiva. Vol. 20. p. 2381-8. 2015.

-Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção em Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Diretrizes nacionais para a atenção integral à saúde de adolescentes e jovens na promoção, proteção e recuperação da saúde. Brasília: Ministério da Saúde. 2010.

-Castro, J. A. C.; Nunes, H. E. G.; Silva, D. A. S. Prevalência de obesidade abdominal em adolescentes: associação entre fatores sociodemográficos e estilo de vida. Revista Paulista de Pediatria. Vol. 34. Num. 3. p. 343-351. 2016.

-Dinicolantonio, J. J.; Berger, A. Added sugars drive nutrient and energy deficit in obesity: a new paradigm. Open Heart. Vol. 3. Num. 2. p.469. 2016.

-Ferrari, T.K.; Cesar, C. L. G.; Alves, M. C. G. P.; Barros, M.B.A.; Goldbaum, M.; Fisberg, R. M. Estilo de vida saudável em São Paulo, Brasil. Cadernos de Saúde Pública. Vol. 33. Num. 1 e00188015. 2017.

-Fiuza, R. F. P.; Muraro, A. P.; Rodrigues, P. R. M.; Sena, E. M. S.; Ferreira, M. G. Omissão do desjejum e fatores associados entre adolescentes brasileiros. Revista de Nutrição. Vol. 30. Num. 5. p. 615-626. 2017.

-Guimarães, L.V.E.; Silva, M. F. A.; Fernandes A.C.C.F. Substituição do almoço e jantar por lanches entre acadêmicas de nutrição. Revista de Nutrição e Vigilância Sanitária. Vol. 4. Num. 1. p. 52-61. 2017.

-He, F.; Rodriguez-Colon, S.; Fernandez-Mendoza, J.; Vgontzas, A. N.; Bixler, E. O.; Berg, A.; Kawasawa, Y. I.; Sawyer, M. D.; Liao, D. Abdominal obesity and metabolic syndrome burden in adolescents -Penn State Children Cohort study. Journal of Clinical Densitometry. Vol. 18. Num. 1. p. 30-36. 2015.

-Instituto Nacional de Câncer. INCA. Rio de Janeiro, 2018. Disponível em: https: //www.inca.gov.br/. Acesso em: 27/11/2019.

-Li, L.; Hardy, R.; Kuh, D.; Power, C. Life-course body mass index trajectories and blood pressure in midlife in two British birth cohorts: stronger associations in the later-born generation. International Jornal of Epidemiology. Vol. 44. Num. 3. p. 1018-1026. 2015.

-Lino, M. F. S.; Silva, C. M. Bebidas energéticas: uma questão educacional/Energy drinks: an educational issue. Brazilian Journal of Development. Vol. 5. Num. 6. p. 4483-4492. 2019.

-Marchioni, D. M. L.; Gorgulho, B. M.; Teixeira, J. A.; Verly, E.J.; Fisberg, R. M. Prevalência de omissão do café da manhã e seus fatores associados em adolescentes de São Paulo: estudo ISA-Capital. Revista Nutrire. Vol. 40. Num 1. p. 10-20. 2015.

-Meller, F. O.; Ciochetto, C. R.; Santos, L. P dos.; Duval, P. A.; Vieira M. F. A.; Schäfer, A. A. Associação entre circunferência da cintura e índice de massa corporal de mulheres brasileiras. Revista Ciência & Saúde. Saúde Colet. Vol. 19. p. 75-82. 2014.

-Monteiro, L. S.; Vasconcelos, T. M.; Veiga, G. V.; Pereira, R. A. Modificações no consumo de bebidas de adolescentes de escolas públicas na primeira década do século XXI. Revista Brasileira de Epidemiologia. Vol. 19. p. 348-361. 2016.

-Monticelli, F. D. B.; Souza, J. M. P.; Souza, S. B. Consumo alimentar por adolescentes e a relação com fatores socioeconômicos e atividades de lazer sedentárias. Revista Nutrire. Vol. 37. Num. 1. p. 64-77. 2012.

-Muros, J. J.; Pérez, F. S.; Ortega F.Z.; Sánchez, V. M. G.; Knox, E. Associação entre comportamentos de estilo de vida saudável e a qualidade de vida relacionada à saúde entre adolescentes. Jornal de Pediatria. Vol. 93. Num. 4. p. 406-412. 2017.

-Moura, L.R.; Torres, L. M.; Cadete, M. M. M.; Cunha C.F. Fatores associados aos comportamentos de risco à saúde entre adolescentes brasileiros: uma revisão integrativa. Revista da Escola de Enfermagem. Vol. 52. e03304. 2016.

-Novais, R.L.R.; Café, A. C. C.; Morais, A. A.; Bila, W. C.; Santos, G. D. S.; Lopes, C. A. O.; Belo, V. S.; Romano M. C. C.; Lamounier, J. A. Gordura intra-abdominal medida por ultrassonografia: relação com antropometria e síndrome metabólica em adolescentes. Jornal de Pediatria. Vol. 95. Num. 3 p. 342-349. 2019.

-Oliveira, G.; Silva, T. L. N.; Silva I. B.; Coutinho, E. S. F.; Bloch, K. V.; Oliveira, E.R. A. Agregação dos fatores de risco cardiovascular: álcool, fumo, excesso de peso e sono de curta duração em adolescentes do estudo ERICA. Cadernos de Saúde Pública. Vol. 35. p. e00223318. 2019.

-Oliveira, I. K. F.; Machado, E. B.; Sousa, R. R.; Adriana de Azevedo Paiva.Consumo de alimentos ultraprocessados e obesidade abdominal em adolescentes universitários. Revista Eletrônica Acervo Saúde. Vol. 11. Num. 16. p.1574-1574. 2019.

-Oliveira, J.; Neves, C. M.; Assis, M. M.; Novaes, J. F.; Souza, A. A. C.; Candido, A. P. C.; Oliveira R. M. S. Estado nutricional e fatores comportamentais associados à síndrome metabólica em adolescentes de 15 a 17 anos. Adolescência e Saúde. Vol. 13. n. 1. p. 77-85. 2016.

-Organização Mundial da Saúde. Fiscal policies for diet and the prevention of noncommunicable diseases. Geneva, Switzerland. OMS. 2016.

-Pelegrini, A.; Silva, D. A. S.; Silva, J. M. F. L.; Grigollo, L.; Petrosk, E. Indicadores antropométricos de obesidade na predição de gordura corporal elevada em adolescentes. Revista Paulista de Pediatria. Vol. 33. Num. 1. p. 56-62. 2015.

-Pereira, P. F. Medidas de localização da gordura corporal e fatores de risco para doenças cardiovasculares em adolescentes do sexo feminino, Viçosa-MG. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Viçosa. Viçosa. 2008.

-Santos, E. G. R.; Pereira, P. Y.; Sekiya, D. R. U.; Goulart, R. M. M. Prevalência de Risco Cardiovascular a partir de Parâmetros Antropométricos em Crianças e Adolescentes. Revista de Atenção à Saúde. Vol. 17. Num. 60.p. 54-62. 2019.

-Taylor, R. W.; Jones, I. E.; Williams, S. M.; Goulding, A. Evaluation of waist circumference, waist-to-hip ratio, and the conicity index as screening tools for high trunk fat mass, as measured by dual-energy X-ray absorptiometry, in children aged 3-19 y. The American Journal of Clinical Nutrition. Vol. 72. Num. 2. p. 490-495. 2000.

-Vieira, R. I. S. F.M.; Koffke, M.; Vargas, D. M.; Azevedo L. C de. Estilo alimentar e prática de atividade física de adolescentes com excesso de peso. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol.12. Num.74. p.745-755. 2018.

-Vitorino, P. V. O.; Barbosa, M. A.; Sousa, A. L. L.; Jardim, P. C. B. V.; Ferreira, S. S. Prevalência de estilo de vida sedentário entre adolescentes. Acta Paulista de Enfermagem. Vol. 28. Num. 2. p. 166-171. 2015.

-WHO. World Health Organization. Cardiovascular Diseases (DCVs). 2007. Disponível em:<https://www.who.int/health-topics/cardiovascular-diseases/.Acesso em:14 agost.2019.

Publicado
2021-07-15
Como Citar
Alves, E. R., Rêgo, A. S., Lopes, A. R. C., Brito, A. P., Santos, W. R. C. C., Silva, F. de M. A. M., Silva, E. G. da C. M. da, & Barbosa, J. M. A. (2021). Obesidade abdominal e fatores associados em adolescentes. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 14(88), 802-810. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/1387
Seção
Artigos Científicos - Original