Prevalência de excesso de peso e fatores associados em gestantes atendidas em uma maternidade filantrópica

  • Mayara Rayla dos Santos Sousa Pós-graduada em Nutrição Clínica, Estética, Esportista e Prescrição de Fitoterápicos pela Faculdade Santa Terezinha - CEST, São Luís-MA, Brasil.
  • Wirla Salete Ferreira Vieira Nutricionista graduada pela Faculdade Santa Terezinha - CEST, São Luís-MA, Brasil. 3- Nutricionista graduada pela Universidade CEUMA, São Luís-MA, Brasil.
  • Andressa Pestana Brito Nutricionista graduada pela Universidade CEUMA, São Luís-MA, Brasil.
  • Allanne Pereira Araújo Nutricionista, Mestre em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Maranhão-UFMA. Docente da Faculdade Santa Terezinha- CEST, São Luís-MA, Brasil.
  • Gabrielle Vieira da Silva Brasil Nutricionista, Mestre em Saúde do Adulto e da Criança, Universidade Federal do Maranhão-UFMA, São Luís-MA, Brasil.
  • Flor de Maria Araújo Mendonça Silva Universidade Federal do Maranhão (UFMA), São Luís-MA, Brasil.
  • Adriana Sousa Rêgo Fisioterapeuta, Doutora em Saúde Coletiva, Universidade Federal do Maranhão-UFMA, Docente da Faculdade Santa Terezinha-CEST, São Luís-MA, Brasil.
  • Janaina Maiana Abreu Barbosa Nutricionista, Mestre em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Maranhão-UFMA, Docente da Faculdade Santa Terezinha- CEST, São Luís-MA, Brasil.
Palavras-chave: Estado Nutricional, Gestante, Excesso de peso

Resumo

Introdução: A inadequação do estado nutricional materno pode favorecer o desenvolvimento de intercorrências gestacionais que podem influenciar diretamente as condições de saúde do concepto e da mãe. Objetivo: Verificar a prevalência do excesso de peso e fatores associados ao estado nutricional das gestantes atendidas em uma maternidade filantrópica de São Luís-MA. Material e métodos: Tratou-se de um estudo transversal e analítico, realizado no ambulatório de ginecologia. Participaram 170 gestantes com faixa etária de 20 a 39 anos. Foi aplicado um questionário com variáveis socioeconômicas e demográficas, estilo de vida, reprodutivas e antropométricas. Foi realizada a análise multivariada pelo método de regressão de Poisson. Resultados: Das 170 gestantes avaliadas, 88,2% apresentaram excesso de peso. O excesso de peso foi associado as mulheres que viviam com o companheiro (OR: 4,13; IC 95% 1,15 – 14,8) e aquelas que se encontravam no segundo trimestre gestacional (OR: 4,03; IC 95% 1,02-15,83). Discussão: A literatura aponta que o excesso de peso pré-gestacional, o ganho excessivo de peso na gravidez e a multiparidade são fatores de risco para o desenvolvimento do excesso de peso. Conclusão: Identificar os fatores que têm associação com o excesso de peso durante a gestação é de grande relevância, visto que permite uma maior atenção a qualquer outro agravante que possa ser somado a estes e assim se realize intervenções precoces na tentativa de minimizar os riscos.

Referências

-Alves, T.V.; Bezerra, M.M.M. Principais alterações fisiológicas e psicológicas durante o Período Gestacional. Rev. Mult. Psic. Vol.14. Num. 49. 2020. p. 114-126.

-Anjos, J.C.; Boing, A.F. Diferenças regionais e fatores associados ao número de consultas de pré-natal no Brasil: análise do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos em 2013. Rev Bras Epidemiol. Vol. 19. Num. 2016. p. 835-850.

-Atalah, E.; Castillo, C.; Castro, R.; Aldea, A. Propuesta de un nuevo estándar de evaluación nutricional en embarazadas. Rev Med Chile. Vol.125. 1997. p.1429-36.

-Brasil. Ministério da Saúde. Protocolos do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional - SISVAN na assistência à saúde. Brasília: Ministério da Saúde. 2008.

-Dinegri, L.; Batista Filho, M.; Santos, H.V.D.; Lira, P.I.C.; Cabral, P.C.; Eickmann, S.H.; Lima, M.C. Excesso de peso em mulheres de uma comunidade urbana de baixa renda: Fatores socioeconômicos, demográficos e reprodutivos. Cien Saude Colet. 2019.

-Drehmer, M.; Duncan, B.B.; Kac, G.; Schmidt, M.I. Association of second and third trimester weight gain in pregnancy with maternal and fetal outcomes. PloS One. Vol. 8. Num.1. 2013. p. e54704.

-Ferreira, R.A.B.; Benicio, M.H.D.A. Obesidade em mulheres brasileiras: associação com paridade e nível socioeconômico. Rev Panam Salud Publica. Vol. 37 Num.4-5. 2015. p. 337-342.

-França, A.P.; Marucci, M.F.N.; Silva, M.L.N.; Roediger, M.A. Fatores associados à obesidade geral e ao percentual de gordura corporal em mulheres no climatério da cidade de São Paulo. Brasil. Cien Saude Colet. Vol. 23. Num.11. 2018. p. 3577-3586.

-Freitas, R.M.; Assunção, A.K.D.; Rocha, R.M.M. Perfil sociodemográficos e hábitos de vida de gestantes para realização de acompanhamento farmacoterapêutico. Rev Saude.com. Vol.10 Num.1. 2014. p. 16-32.

-Gonçalves, D.F.; Teixeira, M.T.B.; Silva, G.A.; Duque, K.C.D.; Machado.; M.L.S.M.; Ribeiro, L.C. Fatores reprodutivos associados ao excesso de peso em mulheres adultas atendidas pela Estratégia Saúde da Família. Ciênc Saúde Coletiva. Vol. 25. Num. 8. 2020. p. 3009-3016.

-Kowal, C.; Kuk, J.; Tamim, H. Characteristics of weight gain in pregnancy among Canadian women. MCH. Vol. 6. Num. 3. 2012. p. 668-676.

-Laporte-Pinfildi, A.S.C.; Zangirolani, L.T.O.; Spina, N.; Martins, P.A.; Medeiros, M.A.T. Atenção nutricional no pré-natal e no puerpério: percepção dos gestores da Atenção Básica à Saúde. Rev Nutr. Vol. 29. Num.1. 2016. p.109-123.

-Lisowski, J.F.; Leite, H.M.; Bairros, F.; Henn, R.L.; Costa, J.S.D.; Olinto, M.T.A. Prevalência de sobrepeso e obesidade e fatores associados em mulheres de São Leopoldo, Rio Grande do Sul: um estudo de base populacional. Cad. Saúde Colet. Vol. 27. Num. 4. 2019. p. 380-389.

-Magalhães, E.I.S.; Maia, D.S.; Bonfim, C.F.A.; Netto, M.P.; Lamounier, J.A.; Rocha, D.S. Prevalência e fatores associados ao ganho de peso gestacional excessivo em unidades de saúde do sudoeste da Bahia. Rev. bras. epidemiol. Vol. 18. Num. 4. 2015. 858-869.

-Manera, F.; Höfelmann, D.A. Excesso de peso em gestantes acompanhadas em unidades de saúde de Colombo, Paraná, Brasil. Demetra. Vol.14. 2019. p. 1-16.

-Marmitt, L.P.; Goncalves, C.V.; Cesar, J.A. Healthy gestational weight gain prevalence and associated risk factors: A population-based study in the far South of Brazil. Rev Nutr.Vol. 29. Num. 4. 2016. p. 445-455.

-Martins, A.P.B. É preciso tratar a obesidade como um problema de saúde pública. Rev. Adm. Empres. Vol. 58. Num. 3. 2018. p. 337-341.

-Moreira, C.L.B. Maternidade na adolescência: prevalência e fatores associados. Dissertação de Mestrado. Universidade Católica de Pelotas. Rio Grande do Sul. 2005.

-Nast, M.; Oliveira, A.; Rauber, F.; Vitolo, M.R. Ganho de peso excessivo na gestação é fator de risco para o excesso de peso em mulheres. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. Vol. 35. Num. 12. 2013. p. 536-540.

-Oliveira, ACM.; Pereira, L.A.; Ferreira, RC.; Clemente A.P.G. Estado nutricional materno e sua associação com o peso ao nascer em gestações de alto risco. Cien Saude Colet. Vol. 23. Num 7. 2018. 2373-2382.

-Sally, E.O.F.; Anjos, L.A.; Wahrlich, V. Metabolismo Basal durante a gestação: revisão sistemática. Ciênc Saúde Coletiva. Vol. 18. Num. 2. 2013. p. 413-430.

-Santini, C.; Imakawa, TS.; Moises, E.C.D. Physical Activity during Pregnancy: Recommendations and Assessment Tools. Rev Bras Ginecol Obstet. Vol. 39. Num. 8. 2017. p. 424-432.

-Serruya, S.J.; Cecatti, J.G.; Lago, T.G. O Programa de Humanização no Pré-natal e Nascimento do Ministério da Saúde no Brasil: resultados iniciais. Cad Saúde Pública. Vol. 20. 2004. p. 1281-1289.

-Silva, J.C.; Amaral, A.R.; Ferreira, B.S.; Petry, J.F.; Silva, M.R.; Krelling, P.C. Obesidade durante a gravidez: resultados adversos da gestação e do parto. Rev Bras Ginecol Obstet. Vol. 36. Num.11. 2014. p. 509-13.

-Teixeira, C.S.S.; Cabral, A.C.V. Avaliação nutricional de gestantes sob acompanhamento em serviços de pré-natal distintos: a região metropolitana e o ambiente rural. Rev Bras Ginecol Obstet. Vol. 38. Num.1. 2016. p. 27-34.

-Ward, J.; Friche, A.A.L.; Caiaffa, W.T.; Proietti, F.A.; Xavier, C.C.; Roux, A.V.D. Association of socioeconomic factors with body mass index, obesity, physical activity, and dietary factors in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil: The BH Health Study. Cad Saúde Pública. Vol. 31. Num.1. 2015. p. 182-194.

Publicado
2022-03-29
Como Citar
Sousa, M. R. dos S., Vieira, W. S. F., Brito, A. P., Araújo, A. P., Brasil, G. V. da S., Silva, F. de M. A. M., Rêgo, A. S., & Barbosa, J. M. A. (2022). Prevalência de excesso de peso e fatores associados em gestantes atendidas em uma maternidade filantrópica. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 15(93), 316-324. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/1702
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original