Identificação de alterações nos mecanismos sensoriais, no padrão alimentar e corporal de ex-tabagistas

  • Taismara Silveira Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul/RS/Brasil
  • Fabiana Assmann Poll Mestre em Ciências Medicas: Pediatria (UFRGS). Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul/RS/Brasil
Palavras-chave: Cessação do uso do tabaco, Mudança corpórea, Alterações de paladar e olfato

Resumo

O objetivo da pesquisa foi verificar as alterações nos mecanismos sensoriais, no padrão alimentar e corporal de ex-tabagistas adultos, e a sua percepção da influência desses aspectos na qualidade de vida. O estudo é de natureza quali-quantitativa, com delineamento transversal, de caráter observacional, realizado no período de fevereiro a março de 2015. Avaliou-se 33 pessoas ex-tabagistas. A média de idade dos participantes foi de 52,76 anos, sendo 51,5% do sexo feminino. O processo de cessação levou a mudanças corpóreas, cujo peso médio adquirido foi de 11,67Kg; às alterações sensoriais, apontaram que 78,8% dos entrevistados tiveram alteração positiva no paladar, e 69,7% com alteração positiva no olfato.  Quanto à alteração na preferência alimentar 45,45% dos participantes referiu ingerir mais frutas e verduras depois da cessação do tabagismo. Todos os participantes da pesquisa perceberam uma melhora na qualidade de vida num período de dois meses a um ano. A presente pesquisa, por meio dos resultados registrados, reforça estudos semelhantes no sentido de firmar a tese de que as melhoras para saúde são inúmeras para quem deixa de fumar.

 

ABSTRACT 

Identification of changes in mechanisms sensory, no standard food and body of ex-smokers

The objective of the research was to investigate the changes in sensory mechanisms in the eating pattern and body of adult ex-smokers, and their perception of the influence of these aspects on quality of life. The study is qualitative and quantitative, with cross-sectional, observational character, conducted from february to march 2015. It evaluated 33 people former smokers. The average age of participants was 52.76 years, 51.5% female. The termination process led to tangible changes, whose average weight gain was 11,67Kg; and sensory changes, which indicated that 78.8% of respondents had a positive change in taste, and 69.7% had positive change in smell. As for the change in food preference, 45.45% of the participants reported eating more fruits and vegetables after you stop smoking. All survey participants realized an improvement in quality of life within two months to a year. This research, through the recorded results, reinforces similar studies in order to establish the thesis that improvements to health are numerous for those who quits smoking.

Biografia do Autor

Fabiana Assmann Poll, Mestre em Ciências Medicas: Pediatria (UFRGS). Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul/RS/Brasil
Docente do Departamento de Educação Física e Saúde. Curso de Nutrição- UNISC.
Publicado
2016-05-22
Como Citar
Silveira, T., & Poll, F. A. (2016). Identificação de alterações nos mecanismos sensoriais, no padrão alimentar e corporal de ex-tabagistas. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 10(58), 205-211. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/445
Seção
Artigos Científicos - Original