Hábitos alimentares de indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 atendidos pelo Programa Estratégia Saúde da Família na cidade de Cajaeiras, Paraíba, Brasil

Flavislayne Christiny Albuquerque de Almeida, Maria Algeni Tavares Landim, Karina Morais Borges, Rayanne de Araújo Torres, José Bruno Nunes Ferreira Silva

Resumo


Objetivo: Avaliar os hábitos alimentares de pacientes com Diabetes Mellitus tipo 2 assistidos em uma unidade básica de saúde da cidade de Cajazeiras, PB. Metodologia: Estudo de caráter transversal observacional. A autoavaliação alimentar foi identificada através de questionário semiestruturado, enfatizando a orientação nutricional e frequência de alimentação diária. Foram avaliados os alimentos e o consumo diário de doces e frituras, grãos e sementes, leite e derivados, verduras e legumes, carne e frutas. Resultados: O estudo compreendeu 35 participantes com idade média de 65,54 ± 11,6 anos. A população composta foi em sua maioria mulheres (57,1%). Em relação aos hábitos alimentares, 25 (71,4%) consideraram ter um consumo alimentar saudável e apenas 18 seguem as orientações nutricionais. A maioria realiza de 3 a 4 refeições/dia e as situações econômicas implicam na descontinuação da dieta. Os alimentos mais consumidos foram grãos e sementes (arroz, feijão e aveia), verduras e legumes (alface, tomate e cenoura) e frutas (banana, manga e maçã). Os alimentos menos consumidos foram doces, frituras e derivados do leite. Conclusão: A maioria das pessoas entrevistadas seguem uma dieta alimentar regular, com frequente consumo de vegetais e frutas e diminuição do consumo de doces e frituras. No entanto, o número de refeições está inferior ao recomendado para indivíduos com DMT2. O acompanhamento multiprofissional e a educação alimentar são essenciais para prevenção das complicações metabólicas.

 

ABSTRACT

Dietary habits of type 2 diabetic patients covered by the Family Health Strategy Program at Cajazeiras, Paraíba, Brazil 

Aim: To evaluate the dietary habits of type 2 diabetic patients from a basic healthcare unit at Cajazeiras city, Paraíba. Methodology: Observational transversal study. It was applied a semi-structured questionnaire to identify nutrition education and food consumption of candy and fried foods, grains and seeds, milk derivatives, vegetables, meat and fruits. Results: This study included 35 subjects with a mean age of 65.54 ± 11.6 years. Female gender (57.1%) was more prevalent. Regarding food consumption, 25 (71.4%) subjects are said to have healthy food intake and 18 subjects follow dietary recommendations. Food consumption have been made 3 or 4 times per day and economy is a factor to decrease food intake. Grains and seed (rice, beans and oats), vegetables (lettuce, tomato and carrot) and fruits (banana, mango and apple) were most intake than candy, fried food and milk derivatives. Conclusion: The majority follow nutrition recommendations with vegetables and fruits intake. However, the number of daily meals is not satisfactory. Multidisciplinary team assistance and food education are essential to prevent metabolic complications.


Palavras-chave


Qualidade de vida; Diabetes mellitus tipo 2; Dietoterapia; Estratégia de Saúde da Família

Texto completo:

PDF

Referências


-Anunciação, P. C.; Braga, P. G.; Almeida P. S.; Lobo, L. N.; Pesspa, M. C. Avaliação do conhecimento sobre alimentação antes e após intervenção nutricional entre diabéticos tipo 2. Rev. baiana saúde pública. Vol. 36. Num. 4. 2012.

-Araújo, C. S.; Síndrome metabólica em pacientes de um centro de especialidades médicas do interior da Bahia. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol. 5. Num. 29. p. 352-359. 2011. Disponível em:

-Ball, L.; Hughes, R.; Desbrow, B.; Leveritt, M. Patients’ perceptions of nutrition care provided by general practitioners: focus on Type 2 diabetes. Fam Pract. Vol. 29. Num. 6. p. 719-725. 2012.

-Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: Diabetes Mellitus. Brasília-DF. 2013. 161p.

-Breen, C.; Ryan, M.; Gibney, M. J.; O’Shea, D. Diabetes-related nutrition knowledge and dietary intake among adults with type 2 diabetes. Br J Nutr. Vol. 114. Num. 3. p. 439-447. 2015.

-Chandalia, M.; Garg, A.; Lutjohann, D.; von Bergmann, K.; Grundy, S. M.; Brinkley, L. J. Beneficial effects of high dietary fiber intake in patients with type 2 diabetes mellitus. N Engl J Med. Vol. 342. Num. 19. p. 1392-1398.

-Colaço, T. M.; Presotto, A. A. D.; Nunes, I. B.; Liberali, R.; Coutinho, V. Análise do consumo alimentar e antropométrico de mulheres com diabetes mellitus tipo 2 atendidas no ambulatório de nutrição de uma Universidade de Santa Catarina. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol. 4. Num. 21. 2010. Disponível em:

-Cotta, R. M. M.; Reis, R. S.; B, K. C. S.; Dias, G.; Alfenas, R. C. G.; Castro, F. A. F. Hábitos e práticas alimentares de hipertensos e diabéticos: repensando o cuidado a partir da atenção primária. Rev. Nutr. Vol. 22. Num. 6. p. 823-835. 2009.

-Evert, A. B.; Boucher, J. L.; Cypress, M.; Dunbar, S. A.; Franz, M. J.; Mayer-Davis, E. J.; Neumiller, J. J.; Nwankwo, R. Verdi, C. L.; Urbanski, P.; Yancy, W. S. Jr.; American Diabetes Association. Nutrition therapy recommendations for the management of adults with diabetes. Diabetes Care. Vol. 36. Num. 11. p. 3821-3842. 2013.

-Fernandez, P. M. F.; Voci, S. M.; Kamata, L. H.; Najas, M. S.; Souza, A. L. M. Programa Saúde da Família e as ações em nutrição em um distrito de saúde do município de São Paulo. Ciênc. saúde coletiva. Vol. 10. Num. 3. p. 749-755. 2005.

-Grillo, M. F. F.; Gorini, M. I. P. C. Caracterização de pessoas com Diabetes Mellitus Tipo 2. Rev. bras. Enferm. Vol. 60. Num. 1. p. 49-54. 2007.

-Grzelczak, M. T.; Souza, W. C.; Milani, M. L.; Bazzanella, S. L.; Brikner, W. M. K.; Marchesan, J. Mattedi, M. A.; Mascarenhas, L. P. G. O diabetes sob o aspecto epidemiológico e políticas de promoção de saúde por meio da atividade física. Revista Científica UMC. Mogi das Cruzes. Vol. 2. Num. 2. 2017. p. 1-12.

-Guimarães, F. P. M.; Takayanagui, A. M. M. Orientações recebidas do serviço de saúde por pacientes para o tratamento do portador de diabetes mellitus tipo 2. Rev. Nutr. Vol. 15. Num. 1. p. 37-44. 2002.

-Huang, E.S.; Brown, S. E.; Ewigman, B.G.; Foley, E.C.; Meltzer, D. O. Patient perceptions of quality of life with diabetes-related complications and treatments. Diabetes Care. Vol. 30. Num. 10. p. 2478-2483. 2007.

-Iop, F. C. S.; Teixeia, E.; Deliza, R. Comportamento alimentar de indivíduos diabéticos. Braz. J. Food Technol. II SSA. p. 36-43. 2009.

-Martínez-González, M. Fuente-Arrillaga, C de la.; Nunez-Cordoba, J. M.; Basterra-Gortari, F. J.; Beunza, J. J.; Vazquez, Z.; Benito, S.; Tortosa, A.; Bes-Rastrollo, M. Adherence to Mediterranean diet and risk of developing diabetes: prospective cohort study. BMJ. Vol. 336.

-Mattos, P. F.; Neves, A. S. A Importância da Atuação do Nutricionista na Atenção Básica à Saúde. Rev Práxis. Vol. 1. Num. 2. p.11-15. 2009.

-Mello, V. D. D.; Laaksonen, D. E. Fibras na dieta: tendências atuais e benefícios à saúde na síndrome metabólica e no diabetes melito tipo 2. Arq Bras Endocrinol Metab. Vol. 53. Num. 5. p. 509-518. 2009.

-Oliveira, K. C. S.; Zanetti, M. L. Conhecimento e atitude de usuários com diabetes mellitus em um Serviço de Atenção Básica à Saúde. Rev. esc. enferm. Vol.45. Num. 4. São Paulo. p. 862-868. 2011.

-Oliveira, L. M. S. M.; Souza, M. F. C.; Souza, L. A.; Melo, I. R. C. Adesão ao tratamento dietético e evolução nutricional e clínica de pacientes com diabetes mellitus tipo 2. HU Revista. Juiz de Fora. Vol. 42. Num. 4. p. 277-282. 2016.

-Olivo, L. P.; Giraldes, A. P. R. S.; Silveira, A. D.; Tiemi Maekawa, E.; Coppéde, L. Stefan, L. F. B.; Breda Stella, M. Perfil socioeconômico de pacientes com diabetes mellitus tipo 2 no ambulatório da Faculdade de Medicina de Jundiaí e sua associação com obesidade e hipertensão arterial. Rev.: Perspectivas Médicas. Vol. 20. Num. 2. p. 40-44. 2009.

-Rodrigues, T. C.; Lima, M. H. M.; Nozawa, M. R. O controle do diabetes mellitus em usuários de unidade básica de saúde, Campinas, SP. Ciência. Cuidado e Saúde Maringá. Vol. 5. Num. 1. p. 41-49. 2006.

-Ross, A. C.; Baptista, D. R.; Miranda, R. C. Compliance with the treatment of patients with type 2 Diabetes Mellitus. Demetria. Vol. 10. Num. 2. p. 329-346. 2015.

-Silva, F. M.; Steemburgo, T.; Azevedo, M. J.; Mello, V. D. Papel do índice glicêmico e da carga glicêmica na prevenção e no controle metabólico de pacientes com diabetes melito tipo 2. Arq Bras Endocrinol Metab. Vol. 53. N. 5. p. 560-571. 2009.

-Vignoli, L. M. C. S. L.; Mezzomo, T. R. Consumo alimentar, perfil nutricional e avaliação do DQOL-Brasil de portadores de diabetes. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol. 9. Num. 54. p. 225-234. 2015. Disponível em:

-Zimmet, P.; Alberti, K. G.; Magliano, D. J.; Bennett, P. H. Diabetes mellitus statistics on prevalence and mortality: facts and fallacies. Nat Rev Endocrinol. Vol. 12. Num. 10. p. 616-622. 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui