Avaliação radiográfica da articulação coxofemoral em pacientes submetidos a cirurgia bariátrica

  • Eduardo Lima Abreu Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), Manaus-AM, Brasil.
  • Francys Claus Sampaio de Souza Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
  • Francis Márcia de Amorim Felisbino Rosa de Abreu Universidade Nilton Lins, Manaus-AM, Brasil.
  • Paula Heveline Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), Manaus-AM, Brasil.
Palavras-chave: Obesidade, Osteoartrose, Cirurgia bariátrica, Lesões do quadril

Resumo

Introdução: A obesidade uma é condição caracterizada pelo excesso de peso corporal, causado por uma participação da massa de tecido adiposo superior a 20% no peso total do indiví­duo. A obesidade está comumente associada a inúmeras comorbidades, dentre elas a osteoartrose, principalmente em articulações de carga. A relação entre obesidade e lesões osteoarticulares de articulações de carga, como o joelho é bem definida, porém a sua relação com a coxartrose é controversa. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi investigar possí­veis alterações do espaço articular coxofemoral em pacientes obesos em comparação com estes mesmos pacientes, após a redução ponderal causada pela cirurgia bariátrica. Materiais e métodos: Trata-se de um estudo prospectivo que comparou o grau de pinçamento articular coxofemoral de 16 pacientes obesos, no pré e pós-operatório de cirurgia bariátrica. Tais pacientes foram submetidos à exame radiográfico de bacia, em ortostase antes do procedimento e após 6 meses. Discussão: A relação coxartrose e sobrepeso é controversa na literatura. A sobrecarga do espaço articular com diminuição deste, pode explicar a degeneração desta articulação. Resultados: A avaliação radiográfica não mostrou diferença significativamente estatí­stica do espaço articular pós cirurgia bariátrica. Conclusão: Diante dos resultados encontrados nesta pesquisa, verificou-se que o espaço articular coxofemoral, não sofre influência direta com o sobrepeso ou com a diminuição de massa corporal provocada pela cirurgia bariátrica.

Biografia do Autor

Eduardo Lima Abreu, Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), Manaus-AM, Brasil.

Graduado em medicina pela Universidade Federal do Amazonas, com especialização em Ortopedia e Traumatologia. Fellow em cirurgia do quadril pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. É membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, Sociedade Brasileira de Cirurgia do Quadril e Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico.

Francys Claus Sampaio de Souza, Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

Médico ortopedista. Titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

Paula Heveline, Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), Manaus-AM, Brasil.

Médica residente da FHAJ

Referências

-Conrozier, T.; Lequesne, M. G.; Tron, A. M. Mathiew, P.; Berdah, L.; Vignon, E. The effects of position on the radiographic joint space in osteoarthritis of the hip. Osteoarthritis Cartilage. Vol. 5. Núm. 1. p. 17-22. 1997.

-Gill, R.S.; e colaboradores. The benefits of bariatric surgery in obese patients with hip and knee osteoarthritis: a systematic review. Obesity reviews: an official journal of the International Association for the Study of Obesity. Vol. 12. Núm. 12. p. 1083-9. 2011.

-Hoening, M. Obesity in adults. 2014. Clinical Key, 2014.

-Jiang, L.; e colaboradores. The relationship between body mass index and hip osteoarthritis: A systematic review and meta-analysis. Joint Bone Spine. Vol. 78. p. 150-155. 2011.

-Lievense, A.M.; Bierma-Zeinstra, S. M. A.; Verhagen, M. E. Influence of obesity on the development of osteoarthritis of the hip: a systematic review. British Society of Rheumatology. Vol. 41. p. 1155-1162. 2002.

-Lohmander, L.S.; e colaboradores. Incidence of severe knee and hip osteoarthritis in relation to different measures of body mass: a population-based prospective cohort study. Annals of the Rheumatic Diseases. Vol. 68. Núm. 4. p. 490-496. 2009.

-Mork, P.J.; e colaboradores. Effect of body mass index and physical exercise on risk of knee and hip osteoarthritis: longitudinal data from the Norwegian HUNT study. Journal of Epidemiology & Community Health. Vol. 66. Num. 8. p. 678-683. 2012.

-Recnik, G.; e colaboradores. The role of obesity, biomechanical constitution of the pelvis and contact joint stress in progression of hip osteoarthritis. Osteoarthritis and Cartilage. Vol. 17. p. 879-882. 2009.

-Sabharwal, S.; Root, M, Z. Impacto da obesidade na ortopedia. The journal of the bone and joint surgery. Vol. 94. p.1045-1052. 2012.

-Springer, B. D.; e colaboradores. Obesity and the role of bariatric surgery in the surgical management of osteoarthritis of the hip and knee: a review of the literature. Surgery For Obesity And Related Diseases. Vol. 13. Núm. 1. p. 111-118. 2017.

-Vanni, G. F.; Stucky, J. M.; Schwarstmann, C. R. Avaliação radiológica do espaço articular na artrose de quadril: estudo comparativo em decúbito e ortostatismo. Revista Brasileira de Ortopedia. Vol. 43. Núm. 10. p. 460-464. 2008.

-Wang, Y.; e colaboradores. Body weight at early and middle adulthood, weight gain and persistent over weight from early adulthood are predictors of the risk of total knee and hip replacement for osteoarthritis. Rheumatology. Vol. 52. p. 1033-1041. 2013.

Publicado
2018-06-25
Como Citar
Abreu, E. L., de Souza, F. C. S., Abreu, F. M. de A. F. R. de, & Heveline, P. (2018). Avaliação radiográfica da articulação coxofemoral em pacientes submetidos a cirurgia bariátrica. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 12(71), 310-315. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/702
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original