Perfil alimentar de pacientes pós cirurgia bariátrica

  • Aline Lima Paixão Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Vanessa Vieira Lourenço Docente da faculdade de nutrição da Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Jachson Silva Dias Graduado em Nutrição. Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Alexandre Augusto Calado Nogueira Médico. Graduado pela Universidade Estadual do Pará.
Palavras-chave: Obesidade, Cirurgia bariátrica, Alimentação

Resumo

Introdução: A adoção de hábitos alimentares saudáveis é necessária para obtenção de bons resultados cirúrgicos. No entanto, mesmo após a realização da cirurgia bariátrica, muitos indiví­duos permanecem com preferências alimentares erradas, o que se torna um desafio para a perda de peso e manutenção da saúde. Objetivo: Conhecer o perfil alimentar de pacientes pós cirurgia bariátrica de uma clí­nica privada de Belém-PA. Métodos: Estudo de delineamento transversal realizado com 42 pacientes, de ambos os gêneros, que se submeteram a cirurgia bariátrica no setor privado, com pós-operatório de 5 a 48 meses. O instrumento utilizado foi um questionário enviado via e-mail que foi respondido pelos participantes. Resultados: A maioria dos pacientes é do gênero feminino (73,8%), com ensino superior (85,7%), realizou bypass (81%), tinha de 1 a 2 anos de cirurgia (50%), o IMC antes da cirurgia era de obesidade grau III (76,2%), no momento da coleta a maioria apresentava IMC de sobrepeso (42,9%) e usava suplemento (88,1%). Discussão: A carne vermelha foi o alimento referido com maior dificuldade na ingestão, enquanto peixe e salada maior facilidade. A maioria dos pacientes relatou consumo diário de frutas, salada crua, leite desnatado, queijo branco, feijão e arroz. As carnes apresentaram consumo semanal. O consumo de refrigerante, bolo, pizza, óleo em frituras e margarina foi referido como raro ou nunca pela maioria dos pacientes. Conclusão: A maioria dos pacientes deste estudo apresentou consumo regular de alimentos saudáveis.

Biografia do Autor

Aline Lima Paixão, Universidade Federal do Pará (UFPA)

Nutricionista graduada pela UFPA

Referências

-Almeida, G.A.N.; Giampietro, H.B.; Belarmino, L.B.; Moretti, L.A. Marchini, J.S.; Ceneviva R. Aspectos psicossociais em cirurgia bariátrica: a associação entre variáveis emocionais, trabalho, relacionamentos e peso corporal. ABCD, arq. bras. cir. dig. São Paulo. Vol. 24. Núm. 3. 2011. p. 226-231.

-Antonini, V.D.S.; Hinitze, L.J.; Silva, D.F.; Hermoso, D.A.M.; Carolino, I.D.R.; Nardo, J.R.N. Comportamentos associados à manutenção dos resultados após cirurgia bariátrica. Medicina (Ribeirão Preto). Vol. 47. 2014. p. 149-156.

-Bastos, E.C.L.; Barbosa, E.M.W.G.; Soriano, G.M.S.; Santos, E.A.; Vasconcelos, S.M.L. Fatores determinantes do reganho ponderal no pós-operatório de cirurgia bariátrica. ABCD, arq. bras. cir. dig. São Paulo. Vol. 26. Supl. 1. 2013. p. 26-32.

-Conceição, R.M.B. Avaliação da dieta habitual de mulheres adultas com sobrepeso e obesidade atendidas em um consultório particular de nutrição do município de Juiz de fora - Minas gerais. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol. 5. Núm. 25. 2011. p.3-9. Disponível em: <http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/211/206>

-Costa, D. Eficiência do acompanhamento nutricional no pré e pós-operatório da cirurgia bariátrica. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol.7. Núm. 39. 2013. p. 57-68. Disponível em: <http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/303/289>

-Dolosso, A.C.A.; Silva, M.F.F.; Cunha, M.C. Aspectos orgânicos, psíquicos e nutricionais em pacientes bariátricos. Distúrb Comum. São Paulo. Vol. 25. Núm. 2. p. 2013. p 277-283.

-França, D.L.M.; Nascimento, E.A.; Gravena, A.A.F. Aspectos gastrointestinais, perda de peso e uso de suplementos vitamínicos em pacientes pós-operatório de cirurgia bariátrica. Revista Saúde e Pesquisa. Vol. 4. Núm. 1. 2011. p. 23-28.

-Gusmão, L.S.; Sperandio, N.; Morais, D.C.; Dutra, L.V.; Pinto, C.A.; Priore, S.E. Utilização de indicadores dietéticos como critérios prognósticos da Síndrome Metabólica. Revista da Associação Brasileira de Nutrição. Ano 6. Núm. 1. 2014. p. 37-46.

-Kelles, S.M.B.; Machado, J.C.; Barreto, S.M. Dez anos de cirurgia bariátrica no Brasil: mortalidade intra-hopitalar em pacientes atendidos pelo sistema único de saúde ou por operadora da saúde suplementar. ABCD Arq. Bras. Cir. Dig. São Paulo. Vol. 27. Núm. 4. 2014. p. 261-267.

-Ministério da Saúde (BR). Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico-Vigitel. Brasília. 2016. Disponível em: <http://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2017/maio/12/Lancamento-resultados-2016.pdf>

-Moreira, P.R.S.; Kelly, E.O. Implicações do consumo de proteína e da prática de atividade física na massa corporal magra de mulheres submetidas ao bypass gástrico. Revista Brasileira Obesidade Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol. 8. Núm. 45. 2014. p. 97-105. Disponível em: <http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/335/322>

-Neves, C.F. Avaliação de biomarcadores de estresse oxidativo e estado inflamatório em pacientes no pré e pós-operatório de cirurgia da obesidade. Dissertação de Mestrado. Universidade de Brasília. Brasília. 2010.

-Novais, P.F.S. Evolução do peso, consumo alimentar e qualidade de vida de mulheres com mais de dois anos de cirurgia bariátrica [Dissertação de mestrado]. Faculdade de ciências farmacêuticas-Universidade estadual paulista. São Paulo. 2009.

-Nozaki, V.T.; Rossi, N.M. Imagem corporal: cirurgia bariátrica. Revista Saúde e Pesquisa. Vol. 3. Núm. 2. 2010. p. 185-191.

-Pedrosa, I.V.; Burgos, M.G.P.A.; Souza, N.C.; Morais, C.N. Aspectos nutricionais em obesos antes e após a cirurgia bariátrica. Rev. Col. Bras. Cir. Vol. 36. Núm. 4. 2009. p. 316-322.

-Ramos, C.P.; Mello, E.D. Manejo nutrológico no pós-operatório de cirurgia bariátrica. International Journal de Nutrology. Vol. 8. Núm. 2. 2015. p. 39-49.

-Rocha, Q.S.; Mendonça, S.S.; Fortes, R.C. Perda ponderal após gastroplastia em y de roux e importância do acompanhamento nutricional - uma revisão de literatura. Com. Ciências da saúde. Vol. 22. Núm. 1. 2011. p. 61-70.

-Silva, C.T.; Vasconcelos, T.F.S.; Soares, F.M.; Silva Neto, E.F.; Cândido, M.F.; Barbosa, K.B.F. Uso de suplementos alimentares e ingestão protéica em pacientes em tratamento pós-operatório de cirurgia bariátrica, assistidos em nível ambulatorial. HU Revista, Juiz de Fora. Vol. 38. Núm. 3 e 4. 2012. p. 207-214.

-Silva, M.R.S.B.; Silva, S.R.B.; Ferreira, D.A. Intolerância alimentar pós-operatória e perda de peso em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica pela técnica Bypass Gástrico. J Health Sci Inst. Vol. 29. Núm. 1. p. 2011. p. 41-44.

-Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. Técnicas cirúrgicas. 2017. Disponível em: <https://www.sbcbm.org.br/tecnicas-cirurgicas/>

-Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e metabólica. Residência médica em cirurgia bariátrica pode reduzir as filas dos hospitais do sistema público de saúde. 2015. Disponível em: <https://www.sbcbm.org.br/residencia-medica-em-cirurgia-bariatrica-pode-reduzir-as-filas-dos-hospitais-do-sistema-publico-de-saude/>

-Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. Obesidade. 2008. Disponível em: <http://www.endocrino.org.br/obesidade/>

-Valezi, A.C.; Brito, E.M.; Mali Junior, J.; Brito, S.J. Estudo do padrão alimentar tardio em obesos submetidos à derivação gástrica com bandagem em y-de-Roux: comparação entre homens e mulheres. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Vol. 35. Núm. 6. 2008. p. 387-391.

Publicado
2018-06-25
Como Citar
Paixão, A. L., Lourenço, V. V., Dias, J. S., & Nogueira, A. A. C. (2018). Perfil alimentar de pacientes pós cirurgia bariátrica. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 12(71), 391-399. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/716
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original