Prevalência de complicações associadas ao diabetes mellitus tipo 2 em pacientes hospitalizados

Natália Pinheiro Sampaio, Tamires Rodrigheiro Lima, Alessandra Doumid Borges Pretto, Khadija Bezerra Massaut, Lislei Scherwinske Grützmann, Suely Ribeiro Bampi, Eloisa Porciúncula da Silva, Ângela Nunes Moreira

Resumo


Introdução: Diabetes Mellitus é uma doença crônica de caráter evolutivo que acomete cerca de 347 milhões de pessoas em todo o mundo e aumenta o risco de complicações, as quais podem ser muito debilitantes ao indivíduo e são muito onerosas ao sistema de saúde. Objetivos: Avaliar a prevalência de complicações associadas ao diabetes mellitus tipo 2, o estado nutricional e os hábitos alimentares de pacientes diabéticos hospitalizados. Métodos: Estudo transversal e descritivo, com pacientes com diagnóstico de diabetes mellitus internados em um hospital do município de Pelotas. Os dados foram coletados em agosto e setembro de 2016. Foi aplicado um questionário semiestruturado com questões sobre o consumo alimentar e questões para avaliar o perfil do paciente, o tempo de diagnóstico, o tratamento medicamentoso e as complicações apresentadas na internação, além de serem coletadas medidas de altura, peso e circunferência da cintura. As análises estatísticas foram feitas no Stata® com nível de significância de 5% (p<0,05). Resultados: A amostra foi constituída majoritariamente (57,0%) de homens, com idade superior a 60 anos (72,0%), que usavam insulina (68,0%) e, que apresentaram como complicações mais prevalentes a hiperglicemia na internação (62,6%), doença cardíaca (48,0%) e retinopatia diabética (47,0%). Conclusão: As complicações mais frequentes foram: hiperglicemia, doença cardíaca e retinopatia diabética.

 

ABSTRACT 

Prevalence of complications associated with type 2 diabetes mellitus in patients hospitalized

Introduction: Type 2 Diabetes Mellitus is a chronic disease of evolutionary character that affects about 347 million people around the world and increases the risk of other diseases, which can be very debilitating to the individual and are very costly to the health system. Objectives: This study aimed to assess the prevalence of complications associated with diabetes, nutritional status and dietary habits of patients with type 2 DM and admitted to a hospital in the city of Pelotas, RS. Methods: A cross-sectional, descriptive study with a diagnosis of diabetes mellitus admitted in a hospital in the city of Pelotas. The date were collected in August and September 2016. A questionnaire was applied semiestructured with questions about food consumption and questions for evaluating the patient profile, the time of diagnosis, treatment and the reason for hospitalization, besides being collected measures of height, weight and waist circumference. Statistical analyzes were performed in STATA ® with a significance level of 5% (p<0.05). Results: The sample was composed in the majority (57.0%) of men, en the vast majority of patients using insulin (68.0%) and took medication hypoglycemic (61.0%). As for the complications hyperglycemia on admission (62.6%) followed by heart disease (48.0%) were the most frequent. Conclusion: The majority as most frequent complications is hyperglycemia, heart disease and diabetic retinopathy.


Palavras-chave


Hiperglicemia; Estado nutricional; Hábitos alimentares; IMC; Idoso

Texto completo:

PDF

Referências


-Almeida, S.A.; Silveira, M.M.; Santo, P.F.E.; Pereira, R.C.; Salomé, G.M. Impacto de intervenções educativas na redução das complicações diabéticas: revisão sistemática. Revista Brasileira de Cirurgia Plástica. Vol. 28. Num. 1. p. 142-146. 2013.

-Alves, C.M.P.; Lima, C.S.; Oliveira, F.J.L. Nefropatia diabética: avaliação dos fatores de risco para seu desenvolvimento. Revista da Sociedade Brasileira de Clínica Médica. São Paulo. Vol. 9. Num. 2. p. 97-100. 2011.

-Arrelias, C.C.A.; Faria, H.T.G.; Teixeira, C.R.S.; Santos, M.A.; Zanetti, M.L. Adesão ao tratamento do diabetes mellitus e variáveis sociodemográficas, clínicas e de controle metabólico. Acta Paulista de Enfermagem. Vol. 28. Num. 4. p. 315-322. 2015.

-Artilheiro, M.M.V.S.A.; Franco, S.C.; Schulz, V.C.; Coelho, C.C. Quem são e como são tratados os pacientes que internam por diabetes mellitus no SUS? Revista Saúde Debate. Rio de Janeiro. Vol. 38. Num. 101. p. 210-224. 2014.

-Barsaglini, R.A.; Canesqui, A.M.A. Alimentação e a dieta alimentar no gerenciamento da condição crônica do diabetes. Revista Saúde e Sociedade. São Paulo. Vol.19. Num. 4. p. 919-932. 2010.

-Cortez, D.N.; Reis, I.A.; Souza, D.A.S.; Macedo, M.M.L.; Torres, H.C. Complicações e o tempo de diagnóstico do diabetes mellitus na atenção primária. Acta Paulista de Enfermagem. Vol. 28. Num. 3. p. 255-255. 2015.

-Chumlea, W.C.; Roche, A.F.; Mukherjee, D. Nutricional assessment of the eldery through abtropomometry. Columbus. Ross Laboratories. 1987.

-Danaei, G.; Finucane, M.M.; Lu, Y.; Singh, G.M.; Cowan, M.J.; Pacioreket, C. J. National, regional, and global trends in fasting plasma glucose and diabetes prevalence since 1980: systematic analysis of health examination surveys and epidemiological studies with 370 country-years and 2.7 million participants. Lancet, London/New York. Vol. 378. Num. 9785. p.31-40. 2011.

-Dias, A.F.G.; Vieira, M.F.; Rezende, M. P.; Oshima, A.; Muller, M.E.W.; Santos, M.E.X.; Carbassa, P.D.S. Perfil epidemiológico e nível de conhecimento de pacientes diabéticos sobre diabetes e retinopatia diabética. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Vol. 73. Num. 5. p. 414-418. 2010.

-Francisco, P.M.S.B.; Belon, A.N.; Barros, M.B.A.; Carandina, L.; Alves, M.C.G.P.; Goldbaum, M.; Cesar, C.L.G. Conhecendo a saúde nutricional de idosos atendidos em uma organização não governamental, Benevides-PA. Cadernos de Saúde Pública. Rio de Janeiro. Vol. 26. Num. 1. p. 175-184. 2010.

-Gomes, M.B.; Neto, D.G.; Mendonça, E.; Tambascia, M.A.; Fonseca, R.M.; Réa, R.R. Prevalência de sobrepeso e obesidade em pacientes com diabetes mellitus do tipo 2 no Brasil: estudo multicêntrico nacional. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia e Metabolismo. Vol. 50. Num. 1. 2006.

-Gouveia, L.A.G.D. Associação entre valores de circunferência da cintura e hipertensão arterial, doença cardíaca e diabete melito, referidas por idosos - Estudo SABE: Saúde, Bem-estar e Envelhecimento, 2000 a 2006. Tese de Doutorado. USP. São Paulo. 2013.

-Lavinsky, M.; Wolff, F.H.; Lavinsky, L. Estudo de 100 pacientes com clínica sugestiva de hipoglicemia e manifestações de vertigem, surdez e zumbido. Arquivos Brasileiros de Otorrinolaringologia. Vol. 7. Num. 1. p. 8-12. 2000.

-Lipschitz, D.A. Screening for nutritional status in the elderly. Primary Care. Philadelphia. Vol. 21. Num. 1. 1994. p. 55-67.

-Ministério da Saúde. Departamento de Atenção Básica. Área Técnica de Diabetes e Hipertensão Arterial. Hipertensão arterial sistêmica (HAS) e Diabetes mellitus (DM): protocolo. Cadernos de atenção Básica 7. Brasília. 2001.

-Moreira, T.M.M.; Gomes, E.B.; Santos, J.C. Fatores de risco cardiovasculares em adultos jovens com hipertensão arterial e/ou diabetes mellitus. Revista Gaúcha, de Enfermagem. Porto Alegre. Vol. 31. Num. 4. p. 662-669. 2010.

-Nathan, D.M.; Cleary, P.A.; Backlund, J.Y.; Genuth, S.M.; Lachin, J.M.; Orchard, T.J.; Raskin, P.; Zinman, B. Epidemiology of Diabetes Interventions and Complications (DCCT/EDIC) Study Research Group. Intensive diabetes treatment and cardiovascular disease in patients with type 1 diabetes. Journal of Medicine. Vol. 353. Num. 25. p. 2643-2653. 2005.

-Organização Mundial da Saúde – OMS. Classificação mundial de índice de massa corporal – IMC. Geneva. 2007.

-Organização Mundial da Saúde – OMS. Dados epidemiológicos dos países de língua portuguesa. Geneva. 2009.

-Organização Mundial da Saúde – OMS. Classificação mundial de medida da circunferência abdominal. Geneva. 2010.

-Ortiz, L.G.C.; Cabriales, E.C.G.; González, J.G.G.; Meza, M.V.G. Condutas de autocuidado e indicadores de saúde em adultos com diabetes tipo 2. Revista Latino-Americana de Enfermagem. Vol. 18. Num. 4. 2010.

-Saura, V.; Santos, A.L.G.; Ortiz, R.T.; Parisi, M.C.; Fernandes, T.D.; Nery, M. Fatores preditivos da marcha em pacientes diabéticos neuropático e não neuropático. Acta Brasileira de Ortopedia. Vol. 18. Num. 3. p. 148-145. 2010.

-Silva, A.B.; Engroff, P.; Sgnaolin, V.; Ely, L.S.; Gomes, I. Caracterização do envelhecimento populacional no município do Rio de Janeiro: contribuições para políticas públicas sustentáveis. Caderno de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro. Vol. 24. Num. 3. p. 308-316. 2016.

-Sociedade Brasileira de Diabetes – SBD. Diretrizes da sociedade brasileira de diabetes. São Paulo. 2014-2015.

-Teixeira, A.M.N.C.; Sachs, A.; Santos, G.M.S.; Asakura, L.; Coelho, L.C.C.; Silva, C.V.P. Identificação de Risco Cardiovascular em Pacientes Atendidos em Ambulatório de Nutrição. Revista Brasileira de Cardiologia. Vol. 23. Num. 2. p. 116-123. 2010.

-Torres, H.C.; Pace, A.E.; Stradioto, M.A. Análise sociodemográfica e clínica de indivíduos com diabetes tipo 2 e sua relação com o autocuidado. Cogitare Enfermagem. Paraná. Vol. 15. Num. 1. p. 48-54. 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui