Motivo da internação, perfil nutricional, hábitos alimentares e tratamento medicamentoso de pacientes diabéticos

Tamires Rodrighiero de Lima, Natália Pinheiro Sampaio, Alessandra Doumid Borges Pretto, Khadija Bezerra Massaut, Giuli Argou Marques, Ângela Nunes Moreira

Resumo


Introdução e Objetivo: O paciente diabético necessita de um controle medicamentoso e nutricional adequado a fim de prevenir o surgimento das complicações da doença. Este estudo, teve por objetivo, avaliar motivo de internação, estado nutricional, hábitos alimentares e tratamento medicamentoso de pacientes diabéticos. Materiais e métodos: Estudo transversal e descritivo, com pacientes adultos e idosos (n=100) diagnosticados com diabetes mellitus tipo 2 internados em um hospital de Pelotas-RS, entre agosto e setembro de 2016. Foi aplicado questionário semiestruturado com questões sobre consumo alimentar, perfil do paciente, tempo de diagnóstico, tratamento medicamentoso e motivo da internação. Foram coletadas também medidas de altura, peso e circunferência da cintura. As análises estatísticas foram feitas no Stata® com nível de significância de 5%. Discussão: Estudos mostram a importância e o impacto de um controle adequado para os pacientes diabéticos. Resultados: Sobre motivo de internação, a categoria mais encontrada foi “outros motivos” (37%) e em geral, os hábitos e consumo alimentar no dia anterior à aplicação dos questionários, apresentaram-se regulares, uma vez que se referem ao consumo dentro do hospital e por pacientes que já apresentam complicações associadas ao diabetes. Conclusão: Os motivos da internação dos pacientes foram diversificados, a maioria dos idosos eram eutróficos e os adultos, apresentavam sobrepeso, e a maioria da amostra apresentava hábitos alimentares regulares e fazia uso de insulina.

 

ABSTRACT

Reason for hospitalization, nutritional profile, eating habits and medication treatment of diabetic patients

Introduction and objective: The diabetic patient needs adequate medication and nutritional control in order to prevent the onset of complications of the disease. This study,To assess the nutritional status, dietary habits, drug treatment and the reason for diabetic patients . Materials and methods: Cross-sectional, descriptive study with adult and elderly patients (n=100) with a diagnosis of diabetes mellitus type 2 in a hospital in Pelotas-RS. The data were collected between august and september 2016. A questionnaire was administered semi-estructure with questions about food consumption, profile of the patient, time of diagnosis, treatment and the reason for hospitalization. In addition, we collected measures of height, weight and waist circumference. Statistical analyzes were performed in Stata® with a significance level of 5%. Discussion: Studies show the importance and impact of adequate control for diabetic patients. Results: Regarding the reason for hospitalization, the most found category was "other reasons" (37%) e in general, dietary habits and consumption on the day before questionnaires, these were regular, since they refer to consumption within the hospital and by patients who already have complications associated with diabetes. Conclusion: nutritional status is linked to complications that may lead to hospitalization of this patients, furthermore, the largest deposit of fat in the circumference of the waist can collaborate to trigger diseases decompensate diabetes mellitus.


Palavras-chave


Diabetes Mellitus; Complicações; Hiperglicemia

Texto completo:

PDF

Referências


-Aguiar, P.S. Estudo bibliográfico sobre diabetes mellitus tipo II: repercussões patológicas macrovasculares na saúde do adulto. Revista Atualiza Saúde. Vol. 2. Num. 2. 2015. p.103-111.

-Araújo, L.M.B.; Britto, M.M.S.; Cruz, T.R.P. Tratamento do Diabetes Mellitus do Tipo 2: Novas Opções. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Vol. 44. Num. 6 2000. p.509-518.

-Artilheiro, M.M.V.S.A.; Coelho, C.C.; Franco, S.C.; Schulz, V.C. Quem são e como são tratados os pacientes que internam por diabetes mellitus no SUS? Saúde em Debate. Vol. 38. Num. 101. 2014. p. 210-224.

-Barbosa, J.H.P.; Oliveira, S.L.; Seara, L.T. Produtos da glicação avançada dietéticos e as complicações crônicas do diabetes. Revista de Nutrição. Vol. 22. Num. 1. 2009. p. 113-124.

-Candela, C.G.; Fernández, L.P.; Paris, A.S.; Peláez, R.B.; Martín, P.M.; Almeida, J.M.G. Análisis del perfil de los pacientes ancianos diabéticos y hospitalizados que partiparon em el estúdio VIDA. Revista Nutrición Clínica, Diétetica y Hospitalaria. Vol. 33. Num. 1. 2016. p. 31-36.

-Chumlea, W.C.; Roche, A.F.; Mukherjee, D. Nutritional assessment of the elderly through anthropometry. Columbus (OH): Ross Laboratories. 1987.

-Cortez, D.N.; Reis, I.A.; Souza, D.A.S.; Macedo, M.M.L.; Torres, H.C. Complicações e o tempo de diagnóstico do diabetes mellitus na atenção primária. Acta Paulista de Enfermagem. Vol. 28. Num. 3. 2015. p. 250-255.

-Cotta, R.M.M.; Reis, R.S.; Batista, K.C.S.; Dias, G.; Alfenas, R.C.G.; Castro, F.A.F. Hábitos e práticas alimentares de hipertensos e diabéticos: repensando o cuidado a partir da atenção primária. Revista de Nutrição. Vol. 22. Num. 6. 2009. p. 823-835.

-Forbes, J.M.; Cooper, M.E. Mechanisms of Diabetic Complications. Physiological Reviews. Vol. 93. 2013. p. 137-188.

-Forti, A.C.; Gallo, A.; Netto, A.P.; Viggiano, C.E.; Franco, D.; Malerbi, F.E.K. Abordagens Educacionais e de Alterações no Estilo de Vida. Ebook 2.0. Módulo 3. Capitulo 3. Brasil. 2015.

-Franz, M.J.; Powers, M.A.; Leontos, C.; Holzmeister, L.A.; Kulkarni, K.; Monk, A. The evidence for medical nutrition therapy for type 1 and type 2 diabetes in adults. Journal of the American Dietetic Association. Vol. 110. Num. 12. 2010. p. 1852-1889.

-Lipschitz, D.A. Screening for nutritional status in the elderly. Primary Care. Philadelphia. Vol. 21. Num. 1. 1994. p 55-67.

-Martins, M.P.S.C.; Gomes, A.L.M.; Martins, M.C.C.; Mattos, M.A.; Filho, M.D.S.; Mello, D.B. Consumo alimentar, pressão arterial e controle metabólico em idosos diabéticos hipertensos. Revista Brasileira de Cardiologia. Vol. 23. Num. 3. 2010. p. 162-170.

-Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Orientações para avaliação de marcadores de consumo alimentar na atenção básica [recurso eletrônico]. 2015.

-Molz, P.; Pereira, C.S.; Gassen, T.L.; Pra, D.; Franke, S.I.R. Relação do consumo alimentar de fibras e da carga glicêmica sobre marcadores glicêmicos, antropométricos e dietéticos em pacientes pré-diabéticos. Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção. Vol. 5. Num. 3. 2015. p. 1-5.

-Morales, F.E.; Zapata, V.A.B.; Jiménez, K.C.; Osoria, M.Q.; Aguirre, M.C. Características de los pacientes diabéticos hospitalizados en dos hospitales de EsSaludPiura. Horizonte Medico. Vol. 4. Num. 15. 2015. p. 21-26.

-Nascimento, N.C.; Zaparolli, M.R.; Baptista, D.R.; Vayego, S.A. Adesão à terapia nutricional por pacientes diabéticos internados em um hospital público do município de Curitiba-PR. Revista de Atenção à Saúde. Vol. 12. Num. 41. 2014. p. 5-10.

-Pasqualotto, K.R.; Alberton, D.; Frigeri, H.R. Diabetes Mellitus e Complicações. Journal of Biotechnology and Biodiversity. Vol. 3. Num. 4. 2012. p. 134-145.

-Ramos, L., Ferreira, E.A.P.F.; Nijar, E.C.A. Efeitos de automonitorização sobre indicadores emocionais e adesão ao tratamento do diabetes. Psicologia, Saúde e Doenças. Vol. 15. Num. 3. 2014. p. 567-585.

-Santos, S.; Beça, H.; Mota, C.L. Qualidade de vida e fatores associados na diabetes mellitus tipo 2: estudo observacional. Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar. Vol. 31. 2015. p. 186-196.

-Sartorelli, D.S.; Franco, L.J.; Cardoso, M.A. Intervenção nutricional prevenção primária do diabetes mellitus tipo 2: uma revisão sistemática. Cadernos de Saúde Pública. Vol. 22. Num. 1. 2006. p. 7-18.

-Scheffel, R.S.; Bortolanza, D.; Weber, C.S.; Costa, L.A.; Canani, L.H.; Santos, K.G. Prevalência de Complicações Micro e Macrovasculares e de seus Fatores de Risco em Pacientes com Diabetes Melito do Tipo 2 em Atendimento Ambulatorial. Revista de Associação Médica Brasileira. Vol. 50. Num. 3. 2004. p. 263-267.

-Sociedade Brasileira de Diabetes. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2014-2015. Brasil. 2015.

-Turner, R.C. The UK Prospective Diabetes Study. Diabetes Care. Vol. 21. Num. 3. 1998. p. 35-38.

-United States Department of Agriculture. National Agricultural Library. Dietary Reference Intakes (DRIs). United States. 2017.

-World Health Organization (WHO). Expert Committee. Classificação de Índice de Massa Corporal - IMC. Geneva. 2007.

-Zanetti, M.L.; Arrelias, C.C.A.; Franco, R.C.; Santos, M.A.; Rodrigues, F.F.L.; Faria, H.T.G. Adesão às recomendações nutricionais e variáveis sociodemográficas em pacientes com diabetes mellitus. Revista da Escola de Enfermagem da USP. Vol. 49. Num. 4. 2015. p. 619-625.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui