Evolução ponderal e qualidade de vida de indivíduos submetidos à cirurgia bariátrica

Anielly Ramos de Lima, Liviane Silva Brito, Marília Tokiko Oliveira Tomiya, Thays Kallyne Marinho de Souza, Rebecca Peixoto Paes Silva

Resumo


A cirurgia bariátrica é um método eficaz de tratamento para obesidade, pois leva a uma diminuição do peso e consequente redução das morbidades associada ao excesso de peso. O presente estudo teve como objetivo avaliar a perda ponderal e a qualidade de vida dos indivíduos que realizaram cirurgia bariátrica. Foram avaliados pacientes de ambos os sexos com idade acima de 18 anos, submetidos à cirurgia bariátrica há pelo uma semana. Utilizou-se um questionário, contendo informações acerca de dados gerais do paciente. Também foram coletados dados antropométricos como o peso, altura e circunferência da cintura. A obtenção do peso pós-cirúrgico foi coletada no prontuário do paciente. A qualidade de vida foi avaliada através do instrumento de pesquisa World Health Organization Quality of Life (Whoqol-bref). Foi verificado que o peso, CC e IMC apresentaram redução significativa (p<0,001) após a cirurgia bariátrica. O grau de obesidade também apontou alteração significativa, já que antes da cirurgia 62,5% apresentavam obesidade grau III e 25,0% grau II e após a cirurgia, apenas 6,9% apresentavam obesidade grau III 20,7% grau II e 27,6% grau I. Pode-se observar que a perda ponderal foi significativa após <1 mês, houve uma redução do peso em 6,9% e após >12 meses foi de 33,1%, melhorando a qualidade de vida, principalmente em relação aos aspectos sociais e psicológicos, onde foi verificado maior destaque. Por fim, os resultados obtidos no presente estudo, demonstram que a cirurgia bariátrica beneficiou os indivíduos em relação às comorbidades, seu bem-estar e melhora da qualidade de vida.

 

ABSTRACT 

Ponderal evolution and quality of individuals subject of life to bariatric surgery

Bariatric surgery is an effective method of treatment for obesity because it leads to a decrease in weight and consequent reduction of morbidities associated with excess weight. This study aimed to evaluate the weight loss and quality of life of individuals who underwent bariatric surgery. Evaluated patients of both sexes aged over 18 years, undergoing bariatric surgery for at a week of surgery. A questionnaire was used, containing information about general patient data. They were also collected anthropometric data such as weight, height and waist circumference. Obtaining post-surgical weight was collected in the patient. Quality of life was assessed through the research instrument World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-BREF). It was found that the weight, BMI and DC decreased significantly (p <0.001) after bariatric surgery. The degree of obesity also showed significant change, since before surgery 62.5% had grade III obesity and 25.0% grade II and after surgery, only 6.9% had grade III obesity 20.7% grade II and 27.6% grade I. It can be seen that the weight loss was significant after <1 month, there was a reduction in weight and 6.9% after> 12 months was 33.1%, benefiting quality of life, especially regarding the social and psychological aspects which showed greater prominence. Finally the results obtained in this study, concludes that bariatric surgery benefits individuals with regard to comorbidities, their well-being and improved quality of life.


Palavras-chave


Obesidade; Cirurgia bariátrica; Perda ponderal; Qualidade de vida

Texto completo:

PDF

Referências


-Almeida, G.N.; Gianpietro, H.B.; Belarmino, L.B; Boretti, L.A; Marchini, J.S; Ceneviva, R. Aspectos Psicossociais em Cirurgia Bariátrica: A Associação Entre Variáveis Emocionais, Trabalho, Relacionamentos E Peso Corporal. Arquivos Brasileiros Cirurgia Digestiva. Vol. 3. Num. 4. 2011. p.226-231.

-Almeida, S.S.; Zanatta, D.P.; Rezende, F.F. Imagem corporal, ansiedade e depressão em pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica. Estudos de Psicologia. Vol. 1. Num.17. 2012. p. 153-160.

-Abreu-Rodrigues, M. Apoio social e reganho de peso pós cirurgia bariátrica: efeitos de intervenção comportamental com cuidadores. Trabalho de conclusão de curso. Instituto de Psicologia Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde. Brasília. 2014.

-Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. Diretrizes brasileiras de obesidade 2016 / ABESO - Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. São Paulo. 2016.

-Barros, L. M.; Frota, N.M.; Moreira, R.A.N.; Araújo, T.M.; Caetano, J.A. Assessment of bariatric surgery results. Revista Gaúcha Enfermagem. Vol. 36. Num. 1. 2015. p. 21-27.

-Bastos, E.C.L.; Barbosa, E.M.W.G.; Soriano, G.M.S.; Santos, E.A.; Vasconcelos, S.M.L. Fatores Determinantes do Reganho Ponderal no Pós-operatório de Cirurgia Bariátrica. Arquivos brasileiros de cirurgia digestiva. Vol. 26. Num.1. 2013. p. 26-32.

-Bordalo, L.A.; Teixeira, T.F.S.; Bressan, J.; Mourão, D.M. Cirurgia bariátrica: como e por que suplementar. Revista da Associação Medica Brasileira. Vol. 57. Num. 1. 2010. p. 113-120.

-Chaves, L.C.L; Caravalho, A.H.; Almeida, H.G. Chaves, I.K.L.; Neves, M.W. Qualidade de Vida de Pacientes Submetidos à Cirurgia Bariátrica, por meio da Aplicação do Questionário BAROS. Revista Paraense Medicina. Vol. 26. Num. 3. 2012. p. 1-11.

-Choban, P.S.; Jackson, B.; Poplawski, S.; Bistolarides, P. Bariatric surgery for morbid obesity: why, who, when, how, where, and then what? Cleveland Clinical Journal Medicine. Vol. 11. Num. 69. 2002. p. 897-903.

-Costa, D. Eficiência do Acompanhamento Nutricional no Pré e Pós-operatório da Cirurgia Bariátrica. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. Vol. 7. Num. 39. 2013. p. 57-68. Disponível em:

-Guimarães, J.S.; Nascimento, L.C.S.; Souza, T.K.M. Perfil Clínico-Nutricional de Pacientes Candidatos à Cirurgia Bariátrica no Vale do São Francisco. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. Vol. 11. Num. 67. 2017. p.523-530. Disponível em:

-Martins, M.P. A Influência do Uso da Internet no Acompanhamento Multiprofissional pós Cirurgia Bariátrica. Trabalho de conclusão de curso. Instituto Brasiliense de Análise do Comportamento - IBAC Curso de Especialização em Psicologia da Saúde e Hospitalar. 2014.

-Moraes, J.M.; Caregnato, R.C.A.; Schneider, D.S. Qualidade de vida antes e após a cirurgia bariátrica. Acta Paulista de Enfermagem. Vol. 27. Num. 2. 2014.p.157-64.

-Novais, P.F.S.; Junior, I.R.; Leite, V.S. Evolução e classificação do peso corporal em relação aos resultados da cirurgia bariátrica – derivação gástrica em Y de Roux. Arquivos Brasileiros Endocrinologia & Metabologia. Vol. 54. Num. 3. 2010. p. 303-310.

-Olinto, M.T.A.; Nácul, L.C.; Dias-da-Costa, J.S.; Gigante, D.P.; Menezes, A.M.B.; Silvia, M. Níveis de intervenção para obesidade abdominal: prevalência e fatores associados. Cadernos de Saúde Pública. Vol. 6. Num. 22. 2006. p.1207-1215.

-Pedrosa, I.V.; Burgos, M.G.P.A.; Souza, N.C.; Morais, C.N. Aspectos nutricionais em obesos antes e após a cirurgia bariátrica. Revista Colégio Brasileiro Cirurgia. Vol. 36. Num. 4. 2009. p. 316-322.

-Reis, T.N.; Silva, M.M.F.; Silveira, V.F.S.B.; Andrade, R.D. Resultados da cirurgia bariátrica a longo prazo. Ciência et Prax. Vol. 6. Num.10. 2012. p. 43-52.

-Reginaldo, G.J.; Silva, A.F. Carência de Vitamina B12 após Cirurgia Bariátrica no Método BGYR. Revista Saúde e Pesquisa. Vol. 7. Num. 3. 2014. p. 487-494.

-Santos, H.N.; Lima, J.M.S.; Souza, M.F.C. Estudo comparativo da evolução nutricional de pacientes candidatos à cirurgia bariátrica assistidos pelo Sistema Único de Saúde e pela Rede Suplementar de Saúde. Ciência Saúde Coletiva. Vol. 19. Num. 5. 2014. p.1359-1365

-Sant’helena, M.M; Dal PRÁ, K.R. Um olhar social para a fase pós-operatória da cirurgia bariátrica: contribuição do Serviço Social. Sociedade em Debate. Vol. 2. Num. 19. 2013. p.152-173.

-Silva, M.O. A cirurgia bariátrica, os fatores relacionados ao seu sucesso e o papel do enfermeiro nesse processo. Trabalho de conclusão de curso. Centro universitário de Brasília faculdade de ciências da educação e saúde graduação em enfermagem. Brasília, 2014.

-Silva, P.A.B.; Soares, S.M; Santos, J.F.G.; Silva, L.B. Ponto de corte para o WHOQOL-bref como preditor de qualidade de vida de idosos. Revista Saúde Pública. Vol. 48. Num. 3. 2014. p. 390-397.

-Silva, P.R.B.; Souza, M.R.; Silva, E.M.; Silva, S.A. Estado nutricional e qualidade de vida em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica. Arquivos Brasileiros Cirurgia Digestiva. Vol. 27. Num.1. 2014. p. 35-38.

-Steyer, N. H.; Oliveira, M.C.; Gouvêa, M.R.F.; Echer, I.C.; Lucena, A.F. Clinical profile, nursing diagnoses and nursing care for postoperative bariatric surgery patients. Revista Gaúcha Enfermagem. vol. 37.num. 1. 2016. p.5017.

-World Health Organization (WHO). Physical Status: the use and interpretation of anthropometry. WHO, Num. 854. Geneva. 1995.

-World Health Organization (WHO). Obesity: preventing and managing the global epidemic. WHO, Num. 894. Geneva. 1998.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui