Perspectiva da pessoa submetida à cirurgia bariátrica

Nathacha Luana Stival, Juliana Benevenuto Reis, Juliana Fernandes Cabral, Joely Maria de Oliveira

Resumo


A cirurgia bariátrica é indicada em casos de idade, comorbidades e índice de massa corporal que ultrapasse os 40 kg/m². Este estudo tem como objetivo descrever as percepções de pessoas que foram submetidos à cirurgia bariátrica. A cirurgia bariátrica (CB) é um método bastante utilizado em pessoas que querem uma mudança na estética corporal, e não somente visando o tratamento de comorbidades já existentes. Determinadas alterações podem acometer indivíduos que realizam a cirurgia bariátrica. Trata-se de um estudo descritivo exploratório de abordagem qualitativa, método de estudo de caso. Para a coleta dos dados foram realizadas entrevistas abertas, padronizadas e questionário semiestruturado para pessoas que se submeteram a cirurgia bariátrica. Após a coleta, os dados foram transcritos na íntegra, organizados e analisados. Os resultados se apresentam em quatro grandes categorias: 1) A obesidade e suas complicações; 2) O primeiro olhar para a bariátrica; 3) Um novo viver com a bariátrica e 4) Satisfações dos resultados. O presente estudo permitiu identificar que cada pessoa bariátrica possui suas características individuais neste processo que as mudanças ocorreram para todos os entrevistados da pesquisa, em âmbito físico, psicológico e de relação social.

 

ABSTRACT 

Perspective of the person submitted to bariatric surgery 

Bariatric surgery is indicated in cases of age, comorbidities and body mass index that exceeds 40 kg / m². This study aims to describe the perceptions of people who underwent bariatric surgery. Bariatric surgery (CB) is a widely used method in people who want a change in body aesthetics, and not only for the treatment of existing comorbidities. Certain changes may affect individuals undergoing bariatric surgery. This is an exploratory descriptive study with a qualitative approach, a case study method. Data were collected through open, standardized interviews and a semi-structured questionnaire for people who underwent bariatric surgery. After the data collection, the data were transcribed in full, organized and analyzed. The results are presented in four broad categories: 1) Obesity and its complications; 2) The first look at the bariatric; 3) A new live with bariatric and 4) Satisfaction of results. The present study allowed to identify that each bariatric person has its individual characteristics in this process that the changes occurred for all interviewees of the research, in physical, psychological and social relation.


Palavras-chave


Obesidade mórbida; Cirurgia bariátrica; Perda de peso; Promoção da saúde

Texto completo:

PDF

Referências


-Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. Diretrizes brasileiras de obesidade. São Paulo. ABESO. Vol. 4. p.75. 2016a.

-Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. Vitaminas e suplementos no Pós-Operatório de Cirurgia bariátrica. Será mesmo necessário? 21 de Novembro de 2016. São Paulo. 2016b.

-Bankoff, A. D. P.; Arruda, M.; Ieda, M.G.; Bispo, P.; Rodrigues, M.D. Doenças crônicas não transmissíveis: história familiar, hábitos alimentares e sedentarismo em alunos de graduação de ambos os sexos. Revista Saúde e Meio Ambiente. Vol. 5. Num. 2. 2017. p. 37-56.

-Barros, L. M.; Moreira, R.A.N.; Frota, N.M.; Araújo, T.M.; Caetano, J.Á. Qualidade de vida entre obesos mórbidos e pacientes submetidos à cirurgia bariátrica. Revista Eletrônica de Enfermagem. Vol. 17. Num. 2. 2015. p. 312-21.

-Bressan, J. A. Avaliação da autoestima e depressão após cirurgia bariátrica. Dissertação de Mestrado. Universidade do Sul De Santa Catarina-SC. Santa Catarina. 2017.

-Conselho Federal de Medicina - CFM. Resolução CFM Nº 1.942/2010. Publicada no D.O.U de 12 de fevereiro de 2010, Seção I, p.72. Brasília. 2010.

-Costa, R. C.; Gabriel, D.C.; Costa, M.J.C.; Gonçalves, M.C.R.; Oliveira, S.C.P.; Asciutti, L.S. Repercussões sociais no hábito alimentar dos obesos. Revista Estudos de psicologia. Vol. 29. Num. 4. 2012. p. 509-518.

-Chaves, Y. S.; Destefani, A.C. Fisiopatologia, diagnóstico e tratamento da síndrome de dumping e sua relação com a cirurgia bariátrica. Revista ABCD, Arq. Bras. Cir. Dig. Vol. 29. Num. 1. 2016. p. 116-119.

-Faé, C.; Liberali, R.; Coutinho, V. F. Deficiência de nutrientes a longo prazo no pós-operatório de cirurgia bariátrica - revisão sistemática. SaBios - Revista de Saúde e Biologia. Vol. 10. Num. 2. 2015. p. 46-53.

-Ferrari. M.A. Colelitíase em pacientes bariátricos: correlação da perda de peso com a incidência de colelitíase em pacientes após a realização do bypass gastrintestinal. Tese de Doutorado. PUC-RS. Rio Grande do Sul. 2014.

-Ferreira, I. Quatorze tipos de câncer estão associados à obesidade. Editoriais: Ciências da Saúde. USP-SP. São Paulo. 2018.

-Galvão, T. D. Evolução de perda de peso após cirurgia bariátrica. São Paulo. 2016.

-Gregório, V. D.; Lucchese, R.; Vera. I.; Silva, G.C.; Moraes, R.C.C. The alcohol consumption is amended after bariatric surgery? an integrative review. Rev. arq. bras. cir. dig. Vol. 29. Num.1. 2016. p. 111-115.

-Marcelino, L. F., Patricio, Z. M. A complexidade da obesidade e o processo de viver após a cirurgia bariátrica: uma questão de saúde coletiva. Ciênc. saúde coletiva. Vol. 16. Num. 12. 2011. p. 4767-4776.

-Marchesini, S. D.; Antunes, M. C. A percepção do corpo em pacientes bariátricos e a experiência do medo do reganho do peso. Interação em Psicologia. Vol. 21. Num. 2. 2017.

-Matias, M. O. Dietas da moda: os riscos nutricionais que podem comprometer a homeostase. TCC Faculdade Católica Salesiana Do Espírito Santo. Vitória-ES. 2014.

-Minayo, M. C. S. Análise qualitativa: teoria, passos e fidedignidade. Ciência & Saúde Coletiva. Vol. 17. Num. 3. 2012. p. 621-626.

-Ministério da Saúde. Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico: Estimativas sobre frequência e distribuição sociodemográfica de fatores e proteção para doenças crônicas nas capitais dos 26 estados Brasileiros e no Distrito Federal em 2016. Brasília. 2016.

-Organização Mundial da Saúde. Obesidade: prevenindo e controlando a epidemia global. São Paulo. Roca. 2004.

-Passeri, C. R.; Andrade, J.C.C.; Tomal, K.T.; Pracucho, E.M.; Campos, L.P.; Sales-Peres, S.H.C. Função mastigatória de obesos candidatos à cirurgia bariátrica oriundos de classes socioeconômicas distintas. Revista ABCD, Arq. Bras. Cir. Dig. Vol. 29. Num. 1. 2016. p. 53-58.

-Santos, J. G.; Cruz, M. S. Alcoolismo após cirurgia bariátrica: relato de caso. Revista J. bras. psiquiatr. Vol. 65. Num. 4. 2016. p. 340-343.

-Santos, L. P. Cirurgia bariátrica e qualidade de vida de trabalhadores da saúde. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador. Universidade Federal de Uberlândia-MG. 2018.

-Silva, A.; Tanigute, C.C; Tessitore, A. A necessidade da avaliação fonoaudiológica no protocolo de pacientes candidatos à cirurgia bariátrica. Revista. CEFAC. São Paulo. Vol. 16. Num. 5. 2014. p. 1655-1668.

-Silva, C. D. A. Perfil clínico de pacientes candidatos à cirurgia bariátrica. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. Vol. 1. Num. 64. 2017. p. 211-216. Disponível em:

-Silva, P. R. B.; Souza, M.R.; Silva, E.M.; Silva, S.A. Nutritional status and life quality in patients undergoing bariatric surgery. ABCD, arq. bras. cir. Dig. Vol. 27. Num. 1. 2014. p. 35-38.

-Silva, J.; Monteiro. F. A.; Nunes, R.C.M.; Costa, J.A.B.N.; Tavares, F.C.L.P. Avaliação de aspectos clínicos e nutricionais em obesos em pré e pós-operatório de cirurgia bariátrica em um hospital universitário de João Pessoa-PB. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. Vol. 11. Num. 67. 2017. p.506-522. Disponível em:

-Sousa, K. O.; Johann, R. L. V. O. Cirurgia bariátrica e qualidade de vida. Revista Psicologia Argumento. Vol. 32. Num. 79. 2017.

-Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. Número de cirurgias bariátricas no Brasil cresce 7,5% em 2016. 2017a.

-Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. Nutricionistas explicam como é a dieta pós-operatória de pacientes bariátricos. 2017b.

-Trindade, E. M.; Gebara, T.S.S.; Cambi, M.P.C.; Baretta, G.A.P. Nutritional aspects and the use of nutritional supplements by women who underwent gastric bypass. Rev. ABCD, arq. bras. cir. dig. Vol. 30. Num. 1. 2017. p. 11-13.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui