Avaliação do nível de conhecimento e estado nutricional de pacientes pós-bariátricos

Rayssa Vargas Tolentino, Mirian Patrícia Castro Pereira Paixão

Resumo


A cirurgia bariátrica é uma alternativa de tratamento para pacientes com obesidade mórbida e/ou que tenham complicações oriundas da obesidade. Entretanto, para que seja bem-sucedida os pacientes devem seguir um protocolo de orientações nutricionais antes e depois da cirurgia. Trata-se de pesquisa descritiva transversal que visa avaliar o estado nutricional de pacientes pós-bariátricos, assim como o seu nível de conhecimento nutricional sobre particularidades da operação e a ocorrência de complicações relacionadas à alimentação após o procedimento com o intuito de identificar se estes pacientes foram bem orientados e se aderem ao tratamento indicado. Foram selecionados 317 pacientes pós-bariátricos com idade entre 19 a 61 anos, que se encontravam com no mínimo 15 dias de operados. Os dados foram obtidos através de questionários de nível de conhecimento nutricional digital e após analises foi possível observar melhora na qualidade de vida dos participantes devido à perda de peso de em média 40,65 kg ± 2,41 e uma redução do IMC de 15,16 kg/m² ± 0,26, que consequentemente, ocasionou na melhora das comorbidades relacionadas ao quadro de obesidade dos mesmos. Além disso, foi visto que 14,19% (n=45) apresentaram alguma complicação alimentar, e em relação ao nível de conhecimento nutricional, a maioria dos participantes está ciente das orientações dadas, contudo, nem todos as seguem corretamente, o que os leva a apresentarem reganho do peso e complicações alimentares. Conclui-se que a cirurgia bariátrica pode melhorar a qualidade de vida de pessoas com obesidade, deste que haja adesão às orientações dadas pela equipe multidisciplinar.

 

ABSTRACT

Evaluation of knowlegde level and nutritional state of post-bariatric patients

The bariatric surgery is an alternative treatment for patients with morbid obesity and/or who have complications from obesity. However, i order to be sucessful the patients must follow a nutritional orientations protocol before and after the surgery. This is a cross-sectional descriptive research which aims to evaluate the nutritional state of post-bariatric patients, as well as their nutritional knowlegde level about particularities of the surgery and the occurrence of complications related to their diet after the surgery in order to identify if these patients were well oriented and if they adhere to the indicated treatment. Were selected 317 post-bariatric patients in the age range of 19 to 61 years old, who had at least 15 days of operated. The data were obtained through a nutritional knowlegde level digital questionnaire and after analysis it was possible to observe improvement in the life quality of the participants due to the average weight loss of 40,65 kg ± 2,41 and a BMI reduction of 15,16 kg/m² ± 0,26, which consequently, resulted in the improvement of comorbidities related to obesity. Besides that, it was seen that 14,19% (n=45) presented some diet related complication, and in relation to the nutritional knowlegde level, most of the participants was aware about the given orientations, however, not all of them follow it correctly, leading to weight regain and diet related complications. It is concluded that bariatric surgery can improve the life’s quality of people with obesity, since there’s adherence to the orientations given by the multidisciplinary team.


Palavras-chave


Cirurgia bariátrica; Estado nutricional; Obesidade

Texto completo:

PDF

Referências


-Associação Brasileira para Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. Diretrizes Brasileiras de Obesidade. São Paulo. 4ª edição. 2016.

-Bardal, A.G.; Ceccatto, V.; Mezzomo, T.R. Fatores de risco para recidiva de peso no pós-operatório tardio de cirurgia bariátrica. Scientia Médica. Vol. 26. Num. 4. 2016.

-Barros, L.M.; Moreira, R.A.N.; Frota, N.M.; Caetano, J.A. Mudanças na qualidade de vida após a cirurgia bariátrica. Revista de Enfermagem UFPE online. Vol. 7. Num. 5. 2013. p. 1365-1375.

-Batista, M.F.; Souza, A.I.; Miglioli, T.C.; Santos, M.C. Anemia e obesidade: um paradoxo da transição nutricional brasileira. Caderno de Saúde Pública. Vol. 24. Num. 2. 2008. p. S247-S257.

-Frota, N.M.; Barros, L.M.; Moreira, R.A.N.; Araújo, T.M.; Caetano, J.A. Avaliação dos resultados da cirurgia bariátrica. Revista Gaúcha Enfermagem. Vol. 36. Num. 1. 2015. p. 21-27.

-Loss, A.B.; Souza, A.A.P.; Pitombo, C.A.; Milcent, M.; Madureira, F.A.V. Avaliação da síndrome de dumping em pacientes obesos mórbidos submetidos à operação. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Vol. 36. Num. 5. 2009. p. 413-419.

-Luz, D.M.D.; Encarnação, J.N. Vantagens e desvantagens da cirurgia bariátrica para o tratamento da obesidade mórbida. Revista Brasileira de Obesidade Nutrição e Emagrecimento. Vol. 2. Num.10. 2008. p. 376-383. Disponível em:

-Morales, C.L.P.; Alexandre, J.G.; Prim, S.; Amante, L.N. A comunicação no período perioperatório sob a ótica dos pacientes submetidos à cirurgia bariátrica. Teto Contexto de Enfermagem. Vol. 23. Num. 2. 2014. p. 347-355.

-Nibi, F.A.; Osti, C. Cuidados intensivos no pós-operatório imediato de cirurgia bariátrica. Revista UNINGÁ. Paraná. Num. 39. 2014. p. 149-158.

-Rosa, S.C.; Macedo, L.S.; Casulari, L. A.; Canedo, L.R.; Marques, J.V.A. Perfil antropométrico e clínico de pacientes pós-bariátricos submetidos a procedimentos em cirurgia plástica. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Vol. 45. Num. 2. 2018. p. 1613.

-Sociedade Brasileira de Cardiologia. 7ª Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial. São Paulo. Vol. 107. Num. 3. 2016.

-Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. A Cirurgia Bariátrica. 2017a. Disponível em: . Acesso em: 16/04/2018.

-Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. Técnicas Cirúrgicas. 2017b. Disponível em: . Acesso em: 16/04/2018.

-Sousa, K.O.; Johann, R.L.V.O. Cirurgia bariátrica e qualidade de vida. Psicologia Argumento. Vol. 32. Num. 79. 2014. p. 155-164.

-Sutil, D.; Huth, A. Complicações nutricionais no pós-operatório de cirurgia bariátrica. Monografia. Trabalho de Conclusão de Curso. Rio Grande do Sul. 2012.

-Tavares, R.S.; Silva, D.M.G.V.; Sasso, G.T.M.D.; Padilha, M.I.C.S.; Santos, C.R.M. Fatores de riscos cardiovasculares: estudo com pessoas hipertensas de um bairro popular na região amazônica. Ciência, Cuidado e Saúde. Vol. 13. Num. 1. 2014. p. 4-11.

-Venzon, C.N.; Alchieiri, J.C. Indicadores de Compulsão Alimentar Periódica em Pós-operatório de Cirurgia Bariátrica. Psico. PUCRS. Vol. 45. Num. 2. 2014. p. 239-249.

-Zeve, J.L.M.; Novais, P.O.; Oliveira, N. Jr. Técnicas em cirurgia bariátrica: uma revisão da literatura. Revista Ciência & Saúde. Porto Alegre. Vol. 5. Num. 2. 2012. p. 132-140.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui