Intervenção nutricional: reeducação alimentar aliada à atividade física em mulheres com síndrome metabólica

Caroline de Oliveira, Claudia Brauna, Laísa Camlofski, Adriana Masiero Kuhl, Angélica da Rocha Freitas Melhem, Dalton Luiz Schiessel, Mariana Abe Vicente Cavagnari, Gabriela Datsch Bennemann

Resumo


Introdução e objetivos: A síndrome metabólica representa um conjunto de fatores de risco, associados a doenças cardiovasculares e ao Diabetes mellitus tipo 2. O tratamento inclui mudanças no estilo de vida, dieta, atividade física e medicamentos. O objetivo do presente trabalho foi analisar a efetividade da estratégia de intervenção nutricional aliada à prática de atividade física, em mulheres obesas com diagnóstico clínico de Síndrome Metabólica, comparando-as à um grupo controle de mulheres obesas.  Métodos: Estudo do tipo caso controle longitudinal com duração de 2 meses. Todas as participantes seguiram dieta específica, sendo que o grupo caso, além da dieta associou a prática regular de atividade física. Foram coletados dados antropométricos, de avaliação dietética e exames bioquímicos no primeiro e último encontro. Resultados: As pacientes do grupo caso apresentaram perda de peso e diminuição do colesterol total estatisticamente significativos em comparação ao grupo controle. Já as do grupo controle, apresentaram maior redução da circunferência da cintura e da circunferência do braço. Conclusão: Ambos os grupos mostraram melhora significativa nos parâmetros clínicos, antropométricos e bioquímicos. Conclui-se que a reeducação alimentar, tanto quanto a reeducação alimentar aliada a prática regular de atividade física são estratégias de extrema importância no tratamento de pacientes com síndrome metabólica e obesidade.

 

ABSTRACT 

Nutritional intervention: food reeducation allied to physical activity in women with metabolic syndrome

Introduction and objectives: Metabolic syndrome represents risk factors associated to cardiovascular disease and type 2 Diabetes mellitus. Treatment includes changes in lifestyle, diet, physical activity, and medication. The purpose of the present study was  analyze the strategy effectiveness of nutritional intervention allied to physical activity practice in obese women with clinical diagnosis of Metabolic Syndrome and comparing them to a obese women control group. Methods: Longitudinal control case study with duration of 2 months. All participants followed a specific diet, and the case group in addition to diet associated with regular physical activity practice. Anthropometric data, dietary assessment and biochemical tests were collected. Results: Case group had a statistically significant loss of weight and a decrease in their total cholesterol levels compared to the control group. However, control group presented higher values of waist circumference and arm circumference. Conclusion: Both groups had significant improvement in clinical, anthropometric and biochemical parameters. Due to this, it was possible to conclude that dietary reeducation combined with regular physical activity practice is of extreme strategy importance to patients treatment with metabolic syndrome.


Palavras-chave


Exercício físico; Dieta; Obesidade

Texto completo:

PDF

Referências


-Bajpeyi, S.; Tanner, C.J.; Slentz, C.A.; Duscha, B.D.; McCartney, J.S.; Hickner, R.C.; Kraus, W.E.; Houmard, J.A. Effect of exercise intensity and volume on persistence of insulin sensitivity during training cessation. Journal Applied Physiology. Vol. 106. 2009. p.1079-1085.

-Brandão, A.P.; Brandão, A.A.; Nogueira, A.R.; Suplicy, H.; Guimarães, J.I.; Oliveira, J.E.P. I Diretriz Brasileira de Diagnóstico e Tratamento da Síndrome Metabólica. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Vol. 2. 2005. p. 1-27.

-Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Orientações para a coleta e análise de dados antropométricos em serviços de saúde: Norma Técnica do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional- SISVAN / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde. 2011.

-Ciolac, E.G.; Guimarães, G.V. Exercício físico e síndrome metabólica. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 10. Num. 4. 2004. p. 319-324.

-Couto N.A., Wichmann F.M.A. Efeitos da farinha da linhaça no perfil lipídico e antropométrico de mulheres. Alimentos e Nutrição. Vol. 22. Num. 4. 2011. p.601-608.

-Cuquetto, D.C.; Amaral, F.T. Novas tendências da atividade física e sua intervenção clínica no tratamento e prevenção de síndrome metabólica. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo. Vol. 5. Num. 27. 2011. p.151-161. Disponível em:

-Elias, R.G.M.; Fernandes, C.A.M.; Fontes, C.E.R.; Cuman, R.K.N. Influência da atividade física sobre a prevalência de síndrome metabólica, em mulheres atendidas em uma unidade de saúde, Maringá-PR. Ciencia, Cuidado e Saúde. Vol. 7. Num. 1. 2008. p. 88-93.

-Ferreira, M.C. Associação entre consumo de fibra e riscos cardiovasculares em pacientes atendidos no ambulatório de síndrome metabólica da faculdade de nutrição da universidade federal de Fluminense. Niterói. TCC de Graduação. Curso de Nutrição, Universidade Federal Fluminense-UFF. 2016.

-Foster, G. The behavioral approach to treating obesity. American Heart Journal. Vol. 151. Num. 3. 2006. p. 141-150.

-Frade, R.E.T. Análise da influência de um programa nutricional e de condicionamento físico em variáveis antropométricas em uma academia de São Paulo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 8. Num. 45. 2014. p.156-163. Disponível em:

-Frisancho, A.R.; Anthropometric Standars for the Assessment of Growth and Nutritional Status. University of Michigan. 1990. p. 189.

-Henrissen, E.J. Exercise effects of muscle insulin signaling and action. Invited review: effects of acute exercise and exercise training on insulin resistance. Journal Applied Physiology. Vol. 93. 2002. p. 788-796.

-Institute of Medicine. Dietary Reference Intakes for energy, carbohydrate, fibre, fat, fatty acids, cholesterol, and protein and amino acids. Food and Nutrition Board. Washington DC. National Academy Press. 2002.

-Lamarão R.C., Navarro F. Aspectos nutricionais promotores e protetores das doenças cardiovasculares. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. Sõ Paulo. Vol. 1. Num. 4. 2007. p.57-70.

-Matsudo, S.; Araujo, T.; Matsudo, V.; Andrade, D.; Andrade, E.; Oliveira, L.C.; Braggion, G. International physical activity questionnaire (IPAQ): Study of validity and reliability in Brazil. Atividade Física e Saúde, São Caetano do Sul. Vol. 2. Num. 6. 2001. p.5-18.

-National Institutes of Health. Clinical guidelines on the identification, evaluation, and treatment of overweigth and obesity in adults. In: National Institutes of Health National Heart Lung and Blood Institute. editors. 1998.

-National Institutes of Health. Detection, Evaluation, and Treatment of High Blood Cholesterol in Adults (Adult Treatment Panel III). In: National Cholesterol Education Program National Heart, Lung, and Blood Institute National Institutes of Health. Vol. 2. Set 2002.

-Oliveira, E.P.; Souza, M.L.A.; Lima, M.D.A. Prevalencia de síndrome metabólica em uma área rural do semi-árido Baiano. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Vol. 50. Num. 3. 2006. p. 456-465.

-Rigo, J.C.; Vieira, J.L.; Dalacorte, R.R.; Reichert, C.L. Prevalence of Metabolic Syndrome in an Elderly Community: Comparison between Three Diagnostic Methods. Sociedade Brasileira de Cardiologia. 2008. p.85-91.

-Rique, A.B.R.; Soares, E.A.; Meirelles, C.M. Nutrição e exercício na prevenção e controle das doenças cardiovasculares. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 8. Num. 6. 2002. p.244-254.

-Salaroli, L.B.; Barbosa, G.C.; Mill, J.G.; Molina, M.C.B. Prevalência de Síndrome Metabólica em Estudo de Base Populacional, Vitória-ES, Brasil. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Vol. 51. Num. 7. 2007. p. 1143-1152

-Sociedade Brasileira de Cardiologia – SBC. Diretriz Brasileira de Diagnóstico e Tratamento da Síndrome Metabólica I. Arquivos Brasileiros de Cardiologia Vol 84. 2005. p.8-26. (suplemento I).

-Steemburgo, T.; Dall’alba, V.; Gross, J.L.; Azevedo, M.J. Fatores dietéticos e síndrome metabólica. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Vol. 51. Num. 9. 2007. p. 1425-1433.

-World Health Organization. Physical status the use and interpretation of anthropometrics. Report of a World Health Organization. Expert Committee. WHO. Tech Rep Ser. 1995. Vol. 854. Num. 1. p. 1-452.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui