Distúrbio de imagem corporal e transtornos alimentares em universitários da área da saúde

  • Paula Canali Curso de Nutrição da Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo-RS, Brasil.
  • Thais Caroline Fin Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano da Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo-RS, Brasil
  • Valeria Hartmann Docente do Curso de Nutrição na Universidade de Passo Fundo. Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo-RS, Brasil.
  • Cintia Gris Docente do Curso de Nutrição na Universidade de Passo Fundo. Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo-RS, Brasil.
  • Ana Luisa Sant'Anna Alves Docente do Curso de Nutrição na Universidade de Passo Fundo. Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo-RS, Brasil.
Palavras-chave: Imagem Corporal, Transtornos da Alimentação, Anorexia Nervosa, Bulimia Nervosa

Resumo

Os transtornos alimentares (TA) são caracterizados como doenças marcadas por modificações no comportamento alimentar e possuem etiologia multifatorial. Em concomitância, a imagem corporal é um importante componente do mecanismo de identidade pessoal e corresponde à satisfação e sentimentos relativos à figura mental do corpo. No cenário dos TA, a anorexia nervosa (AN) e a bulimia nervosa (BN) são as mais comuns, sendo que estudos mostram que universitários de cursos da área de saúde são mais suscetíveis ao seu desenvolvimento. Assim, o presente estudo objetivou investigar a prevalência de transtornos alimentares associado ao distúrbio de imagem corporal, em universitários da área da saúde em uma universidade comunitária da região norte do Rio Grande do Sul. Este, foi realizada através de um formulário eletrônico enviado ao e-mail institucional dos alunos, apresentando questões demográficas, socioeconômicas, antropométricas, o questionário Eating Attitudes Test - EAT-26 e a Escala de Silhuetas de Stunkard. Foram avaliados 125 universitários, 90,4% da amostra era composta por mulheres com faixa etária prevalente de 21 a 45 anos (55,2%). Em relação ao estado nutricional, 66,1% dos estudantes estavam eutróficos. Quanto ao risco para desenvolvimento de TA e insatisfação corporal, 31% dos estudantes apresentaram risco e 63,5% estão insatisfeitos, respectivamente. Foi identificado que os estudantes que possuem risco para desenvolvimento de TA, também possuem maior média de IMC, além de 43% apresentarem insatisfação corporal por excesso de peso. Dessa forma, se torna importante explorar os determinantes dos resultados encontrados, promovendo ações que possam intervir nos prejuízos nutricionais e psicológicos dos indivíduos.

Referências

-Aidar, M.O.I.; Freitas, R.B.; Bastos, G.C.F.C.; Brasileiro, A.A.; Silva, A.M.T.C.; Almeida, R.J. Fatores Associados à Suscetibilidade para o Desenvolvimento de Transtornos Alimentares em Estudantes Internos de um Curso de Medicina. Revista Brasileira de Educação Médica. Vol. 44. Num. 3. 2020. p. e097.

-American Psychiatric Association (APA). Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais: DSM-5. Porto Alegre. Artmed. 5ª edição. 2014.

-Bighetti, F.; Santos C.B.; Santos, J.E.; Ribeiro, R.P.P. Tradução e validação do Eating Attitudes Test em adolescentes do sexo feminino de Ribeirão Preto (SP). Jornal Brasileiro de Psiquiatria. Vol. 53. Num. 6. 2004. p. 339-46.

-Cardoso, L.; Niz, L.G.; Aguiar, H.T.V.; Lessa, A.C.; Rocha, M.E.S.; Rocha, J.S.B.; Freitas, R.F. Insatisfação com a imagem corporal e fatores associados em estudantes universitários. Jornal Brasileiro de Psiquiatria. Vol. 69. Num. 3. 2020. p. 156-164.

-Carvalho, G.X.; Nunes, A.P.N.; Moraes, C.L.; Veiga, G.V. Insatisfação com a imagem corporal e fatores associados em adolescentes. Ciência & Saúde Coletiva. Rio de Janeiro. Vol. 25. Num. 7. 2020. p. 2769-2782.

-Claumann, G.S.; Laus, M.F.; Felden, E.P.G.; Silva, D.A.S.; Pelegrini, A. Associação entre insatisfação com a imagem corporal e aptidão física relacionada à saúde em adolescentes. Ciência & Saúde Coletiva. Rio de Janeiro. Vol. 24. Num. 4. 2019. p. 1299-1308.

-Costa, D.G.; Carleto, C.T.; Santos, V.S.; Haas, V.J.; Gonçalves, R.M.D.A.; Pedrosa, L.A.K. Qualidade de vida e atitudes alimentares de graduandos da área da saúde. Revista Brasileira de Enfermagem. Vol. 71. Num. 4. 2018. p. 1642-1649.

-Escala de Silhuetas: Scagliusi, F.B.; Alvarenga, M.; Polacow, V.O.; Cordás, T.A.; Queiroz, G.K.O.Q.; Coelho, D. Concurrent and discriminate validity of the Stunkard's Figure Rating Scale adapted into Portuguese. Appetite. Vol. 47. 2006. p. 77-82.

-Farias, C.T.S.; Rosa, R.H. A educação alimentar e nutricional como estratégia no tratamento dos transtornos alimentares. Brazilian Journal of Health Review. Vol. 3. Num. 4. 2020. p. 10611-10620.

-Fontenele, R.M.; Ramos, A.S.M.B.; Goiabeira, C.R.F.; Cutrim, D.S.; Galvão, A.P.F.C.; Noronha, F.M.F. Impacto dos transtornos alimentares na adolescência: uma revisão integrativa sobre a anorexia nervosa. Revista Enfermagem Atual In Derme. Vol. 87. Num. 25. 2019.

-Moreira, D.E.; Pinheiro, M.C.; Carreiro, D.L.; Coutinho, L.T.M.; Almeida, K.T.C.L.; Santos, C.A.; Coutinho, W.L.M.; Ricardo, L.C.P. Transtornos alimentares, percepção da imagem corporal e estado nutricional: estudo comparativo entre estudantes de nutrição e de administração. RASBRAN-Revista da Associação Brasileira de Nutrição. São Paulo. Vol. 8. Num. 1. 2017. p. 18-25.

-Nascimento, V.S.; Santos, A.V.; Arruda, S.B.; Silva, G.A.; Cintra, J.D.S.; Pinto, T.C.C.; Ximenes, R.C.C. Associação entre transtornos alimentares, suicídio e sintomas depressivos em universitários de cursos de saúde. Einstein. Vol. 18. 2020. p. 1-7.

-Nunes, L.G.; Santos, M.C.S.; Souza, A.A. Fatores de risco associados ao desenvolvimento de bulimia e anorexia nervosa em estudantes universitários: uma revisão integrativa. HU Revista. Vol. 43. Num. 1. 2017.

-Oliveira, A.P.G.; Fonseca, I.R.; Almada, M.O.R.V.; Acosta, R.J.L.T.; Silva M.M.; Pereira, K.B.; Nascimento, P.L.; Salomão, J.O. Transtornos alimentares, imagem corporal e influência da mídia em universitárias. Revista de enfermagem UFPE on-line. Vol. 14. 2020. p. e245234.

-Ponte, M.A.V.; Fonseca, S.C.F.; Carvalhal, M.I.M.M.; Fonseca, J.J.S. Autoimagem corporal e prevalência de sobrepeso e obesidade em estudantes universitários. Revista Brasileira em Promoção da Saúde. Vol. 32. 2019. p. e8510.

-Sampaio, H.A.C.; Silva, I.A.S.; Parente, N.A.; Carioca, A.A.F.C. Ambiente familiar e risco de transtorno alimentar entre universitários da área da saúde. DEMETRA: Alimentação, Nutrição & Saúde. Vol. 14. 2019. p. e33308.

-Santos, K.M.; Tsutsui, M.L.S.; Mazzucchetti, L.; Galvão, P.P.P.; Granado, F.S.; Rodrigues, D.; Tomita, L.Y.; Maia, R.R.P.; Gimeno, S.G.A. Concordância entre estado nutricional e percepção da imagem corporal em indígenas khisêdjê do Parque Indígena do Xingu. Revista Brasileira de Epidemiologia. Vol. 23. 2020. p. e200040.

-Simas, J.P.N.; Macara, A.; Melo, S.I.L. Sintomas de Transtorno Alimentar e Satisfação com Imagem Corporal em Bailarinos Profissionais de Dança Contemporânea. Revista Médica de Minas Gerais. Vol. 30. 2020. p. e-3004.

-Trindade, A.P.; Appolinario, J.C.; Mattos, P.; Janet, T.; Nazar, B.P. Sintomas do transtorno alimentar em universitários brasileiros: revisão sistemática e metanálise. Jornal Brasileiro de Psiquiatria. São Paulo. Vol. 41. Num. 2. 2019. p. 179-187.

-World Health Organization. Obesity: preventing and managing the global epidemic. Geneva. WHO. 1998.

Publicado
2022-03-29
Como Citar
Canali, P., Fin, T. C., Hartmann, V., Gris, C., & Alves, A. L. S. (2022). Distúrbio de imagem corporal e transtornos alimentares em universitários da área da saúde. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 15(93), 244-250. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/1672
Seção
Artigos Cientí­ficos - Original