Obesidade Infantil e Estilos de Vida - Caracterização de crianças do 1º Ciclo do Concelho do Entroncamento - Portugal

Marco Batista, Samuel Honório, Júlio Martins, Luis Massuça, Filipe Soares

Resumo


Objetivo: Analisar se a prática regular de atividade física influencia a prevalência da obesidade, nas crianças. Métodos: Este estudo contempla uma amostra de 239 alunos que representam 32,16% da população de 743 alunos do 1º Ciclo do Concelho do Entroncamento (ensino público). As idades variam entre os 6 e os 12 anos e 50,6% pertencem ao género feminino. Foi avaliada a Composição Corporal (Estatura; Peso; pregas subcutâneas; Índice de Massa Corporal e Percentagem de Massa Gorda); Resultados: Os resultados obtidos, quando comparados com estudos realizados anteriormente no mesmo concelho, parecem indicar que esta população evoluiu positivamente no que diz respeito à prevalência de obesidade e à prevalência de excesso de peso, assim como revelam valores mais baixos do que os apresentados por estudos internacionais concretamente dados da OMS, 2002 e 2009. Conclusões: a maioria dos inquiridos praticam atividade física regularmente, dentro ou fora da Escola, sendo que são 14,5% os que nunca a praticam. Pode-se dizer que todos os alunos dizem fazer uma alimentação consciente, preferindo os “bons alimentos” em detrimento daqueles que se podem considerar prejudiciais à saúde, assim raramente comem gelado, batata frita e em oposição comem fruta e legumes várias vezes por dia.

 

ABSTRACT

Objective: To determine whether regular physical activity influences the prevalence of obesity in children. Methods: This study includes a sample of 239 students representing 32.16% of the population of 743 students of 1st Cycle of Entroncamento city (public education). Ages ranging between 6 and 12 years and 50.6% belong to the female gender. Body composition was assessed (Height, Weight, Skinfold, Body Mass Index and Percent Fat Mass); Results: The results, when compared with previous studies in the same county, seem to indicate that this population has evolved positively in regard to the prevalence of obesity and the prevalence of overweight, as well as indicate lower values than those presented by international studies specifically WHO (2002) and (2009). Conclusions: most individuals do regular physical activity within or outside the school, and 14.5% are those who never practice it. It can be said that all the students say make a conscious power, preferring the "good food" as opposed to those that can be considered harmful to health, and rarely eat ice cream, fries and opposed eat fruit and vegetables several times a day. 


Palavras-chave


Obesidade infantil; Estilos de Vida; Actividade Física; Sedentarismo

Texto completo:

PDF (Português (Portugal))

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui