Análise do histórico de métodos de emagrecimento dos pacientes submetidos à Cirurgia Bariátrica em um hospital público de Belém-PA

  • Tayana Silva Carvalho Especialista em Nutrição Clínica (UGF) e Mestre em Neurociências e Biologia Celular (UFPA)
  • Fábio Costa de Vasconcelos Especialista em Nutrição Clínica (UFPA), Especialista em Nutrição Oncológica (INCA), Especialista em Bioestatística (UFPA)
  • Maria Denise Barbalho Maklouf Carvalho Especialista em Nutrição Clinica e nutricionista do Hospital Ophir Loyola em Belém do Pará – Brasil
Palavras-chave: Obesidade, Cirurgia Bariátrica

Resumo

A obesidade é definida pelo excesso de gordura corporal. O tratamento clínico não invasivo deve ser realizado ainda quando for possível revertê-la, no entanto, a realidade demonstra que o anseio de emagrecer requer a utilização de inúmeros métodos de emagrecimento, ainda mais quando o obeso apresenta características desde as fases iniciais da vida, logo, o presente estudo objetivou analisar o histórico de métodos de emagrecimento dos pacientes que se submeteram a cirurgia bariátrica. Utilizou-se uma amostra de 20 pacientes de ambos os sexos que foram atendidos no ambulatório de nutrição de um hospital público de Belém e os dados foram coletados através de questionário em um período de 3 meses e esse trabalho foi aprovado pelo Comitê de ética e Pesquisa. Os resultados demonstraram que 60% dos pacientes operados apresentavam sobrepeso desde a infância; 80% procuraram ao longo da vida algum profissional da saúde para perda de peso. Contudo, os métodos de emagrecimento foram bastante diversificados, destacando-se a privação alimentar (65%); a utilização de medicação (80%) e o uso de chá ou ervas (80%) como métodos mais freqüentes. A perda de peso por esses métodos não foi significativo, no entanto a perda de excesso de peso ocorria em maior frequência de 3 a 6 meses (55%); 64.28% dos pacientes associaram medicamento com dieta. A saúde (45%) foi apontada como motivo principal para realizar a cirurgia. Em contrapartida, a perda de peso foi em torno de 39% em 17 meses após a cirurgia. Os pacientes mudaram o estilo de vida por uma rotina mais saudável (90%) e abandonaram hábitos antigos (70%). Portanto, o histórico diversificado de técnicas para emagrecer, indicou baixa eficácia, principalmente em razão do quadro clinico de obesidade severa desses pacientes e nesse contexto a cirurgia bariátrica apresentou enormes benefícios.

 

ABSTRACT 

Historical analysis of weight loss methods of patients undergoing bariatric surgery in a public hospital in Belém-PA

Obesity is defined as excess of body fat. The noninvasive treatment should be done even when it is not possible reverse the obesity, however, the reality is that the desire to lose weight requires the use of numerous weight loss methods, especially when the obese has features from the early life stages, therefore, this study aimed to analyze the history of weight loss methods of the patients who underwent bariatric surgery. It was used a sample of 20 patients of both genders who attended the nutrition clinic at a public hospital in Belém and data were collected through a questionnaire over a period of 3 months and this study was approved by the Research Ethics Committees. The results showed that 60% of patients were overweight since childhood. 80% sought lifelong health any professional for weight loss.  However, weight loss methods have been very diverse, especially food deprivation (65%). The use of the medicine (80%) and the use of tea or herbal (80%) as the most common methods. The weight loss by these methods was not significant, however, loss in overweight occurred most frequently 3 to 6 months ( 55%);  64.28 % of patients associated medicine with diet. Health (45%) was identified as the main reason for the surgery. However, the weight loss was around 39% in 17 months after surgery. Patients have changed the lifestyle for a healthier routine (90%) and left old habits (70%). Therefore, the diverse background of techniques to lose weight, indicated lower efficacy, mainly due to the clinical medical condition of severe obesity in these patients and in this context bariatric surgery showed huge benefits.

Biografia do Autor

Tayana Silva Carvalho, Especialista em Nutrição Clínica (UGF) e Mestre em Neurociências e Biologia Celular (UFPA)
Bacharel em Nutrição pelo Centro Universitário do Pará desde 2010, especialista em Nutrição Clínica: metabolismo, prática e terapia nutricional pela Universidade Gama Filho desde de 2012. Mestre em Neurociencias e Biologia Celular desde de 2015. Foi representante do mestrado 2014/2015. Atualmente, bolsista DAAD/CnpQ na modalidade doutorado pleno que está sendo realizado na Universidade Duisburg-Essen na Alemanha. Membro da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento. Tenho experiência em Cirurgia Bariátrica e Materno-infantil, no qual, já desenvolvi trabalhos desde o período de graduação e iniciação científica. Atuei como nutricionista clínica do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência do Pará e era responsável pela avaliação nutricional dos pacientes da Unidade de Terapia Intensiva e da clínica neurológica.
Publicado
2016-02-10
Como Citar
Carvalho, T. S., Vasconcelos, F. C. de, & Carvalho, M. D. B. M. (2016). Análise do histórico de métodos de emagrecimento dos pacientes submetidos à Cirurgia Bariátrica em um hospital público de Belém-PA. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 10(55), 4-11. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/397
Seção
Artigos Ciení­ficos - Original