Perfil nutricional de portadores de obesidade de uma Unidade Básica de Saúde de Ibaté-SP

Leny Lourenço, Angélica De Moraes Manço Rubiatti

Resumo


Objetivo: Determinar o perfil nutricional de pessoas com obesidade, usuários de uma Unidade Básica de Saúde da cidade de Ibaté (SP). Materiais e Métodos: Estudo do tipo transversal, com população de 50 usuários de ambos os sexos, maiores de 18 anos e IMC acima de 30Kg/m2. A metodologia empregada envolveu avaliação antropométrica e aplicação de questionário (informações pessoais, problemas de saúde, hábitos alimentares e estilo de vida). Resultados: Os resultados apontaram que a maioria eram mulheres, entre 18 e 30 anos e com antecedentes familiares com obesidade. Grande parte desses participantes nunca realizou tratamento para obesidade. Mais da metade apresentou problemas de saúde. O consumo alimentar indicou que 40% não ingeriam fast foods, 32% realizavam três refeições ao dia, o uso de sal e óleo mensal ultrapassou a recomendação e a ingestão de água encontrou-se adequada. Cinquenta e seis por cento afirmaram necessitar de melhorias na alimentação e a avaliação antropométrica indicou que 48% foram classificados como obeso grau I e o risco do desenvolvimento de complicações metabólicas foram diagnosticados em todo o grupo. O sedentarismo foi observado em 82% dos entrevistados. Discussão: A alimentação inadequada, rica em açúcares e gorduras, e o sedentarismo são umas das principais causas da obesidade. Conclusão: Diante do perfil encontrado, a recomendação é a realização de um trabalho de conscientização das complicações da obesidade sobre a saúde dessas pessoas, para que sejam estimulados hábitos alimentares e de estilo de vida mais saudáveis, visando à qualidade de vida.

 

ABSTRACT

Nutritional profile of obeses from a basic health unit of Ibaté-SP

Aim: To prescribe the nutritional profile of overweight people users from a Basic Health Unit in the city of Ibate, state of São Paulo. Materials and Methods: A cross-sectional study was performed, with a population of 50 subjects of both sexes, older than 18 years and IMC above 30 Kg/m2. The methodology involved anthropometric evaluation and the use of a questionnaire (personal information, health problems, eating habits and lifestyle). Results: The results showed that the most overweight subjects were women, between 18 and 30 years old with obesity in the family history. Most of participants never had any kind of obesity treatment. However, more than half of participants showed health problems. The food consumption showed that 40% does not eat fast food, 32% eat three meals per day. The consumption of salt and oil monthly exceeded the recommendation but the water intake was considered adequate. Fifty-six percent stated that they were in need of improvements in nutrition since the anthropometric measurement indicated that 48% were classified as obese grade I and the risk of development metabolic complication were diagnosed in the entire group. The sedentary lifestyle was diagnosed in 82% of the subjects. Discuss: The principal cause of overweight is the inadequate diet which is plenty of sugar and fats, and the sedentary. Conclusion: According to these results, the recommended action is to perform a campaign to raise awareness about the dangers of overweight and healthy complications for these people, so that they can develop better eating habits and a healthier lifestyle in order to improve their quality of life.


Palavras-chave


Obesidade; Avaliação Nutricional; Hábito Alimentar

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui