Alterações no estado nutricional e perfil metabólico de mulheres antes e após gastroplastia redutora com derivação intestinal em Y-De-Roux

  • Thawana de Oliveira Borges UNIP
  • Renata Costa Fortes UNIP
Palavras-chave: Obesidade Mórbida, Cirurgia Bariátrica, Metabolismo, Estado Nutricional

Resumo

A obesidade é um grave problema de saúde pública e está associada a diversas comorbidades. Estudos apontam que a cirurgia bariátrica é o tratamento mais efetivo para a obesidade grau III (mórbida). O objetivo deste estudo foi avaliar o estado nutricional e o perfil metabólico de mulheres antes e após Gastroplastia Redutora com Derivação Intestinal em Y-de-Roux (GRDIYR). Tratou-se de um estudo retrospectivo analítico realizado numa clínica particular especializada em cirurgia da obesidade em Brasília – DF. A amostra foi composta por 54 mulheres obesas, com média de idade de 41 anos, submetidas à GRDIYR, cuja intervenção cirúrgica ocorreu de 2 a 5 anos. Foram coletados dados referentes às variáveis antropométricas como estatura, peso pré-operatório, Ãndice de Massa Corporal - IMC pré-operatório, peso atual, IMC atual, % perda de excesso de peso (%PEP) e peso ideal. E, variáveis bioquímicas: eritrograma, marcadores de anemia ferropriva, cálcio iônico, paratormônio, vitaminas D, B1, B6, B9, B12, glicemia de jejum, hemoglobina glicada e lipidograma, coletadas antes e após GRDIYR. Observou-se redução significativa de peso e IMC, porém com maior %PEP nos dois primeiros anos, além de redução nos níveis de triglicerídeos, VLDL, ferritina, hematócrito, hemoglobina glicada, vitamina D e aumento significativo de ferro, capacidade total de ligação do ferro, HDL, ácido fólico e vitamina B6. Os resultados apontam que a cirurgia bariátrica é capaz de auxiliar na melhora do estado nutricional e do perfil metabólico de mulheres submetidas à GRDIYR entre dois e cinco anos de intervenção cirúrgica.

 

ABSTRACT 

Alterations in nutritional status and metabolic profile of women before and after roux-en-y gastric bypass weight-loss surgery

Obesity is a serious public health problem and is associated with several comorbidities. Studies show that bariatric surgery is the most effective treatment for morbid obesity (morbid). The objective of this study was to evaluate the nutritional status and metabolic profile of women after Roux-en-y gastric bypass weight-loss surgery (RYGBP). Retrospective and analytical study in private clinical specializing in obesity surgery in Brasilia-DF. The sample consisted of 54 obese women, with a mean age of 41 years submitted to RYGBP from 2 to 5 years. We collected anthropometric variables: height, preoperative weight, body mass index - preoperative BMI, current weight, current BMI, % loss of excess weight (EWL%) and ideal weight. And biochemical variables: erythrogram, iron deficiency anemia markers, ionized calcium, parathyroid hormone, D, B1, B6, B9 and B12 vitamins, fasting blood glucose, glycated hemoglobin and lipid profile, collected in the first and last postoperative examination. Observed a significant reduction in weight and BMI, but with greater EWL% in the first two years, and reduced levels of triglycerides, VLDL, ferritin, hematocrit, glycated hemoglobin, vitamin D and significant increase of iron, total iron-binding capacity, HDL, folic acid and vitamin B6. The results indicate that bariatric surgery improves the nutritional status and metabolic profile in women submitted RYGBP between two and five years of surgery.

Publicado
2016-07-26
Como Citar
Borges, T. de O., & Fortes, R. C. (2016). Alterações no estado nutricional e perfil metabólico de mulheres antes e após gastroplastia redutora com derivação intestinal em Y-De-Roux. RBONE - Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, 10(60), 278-287. Recuperado de http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/472
Seção
Artigos Ciení­ficos - Original