Atividade de autocuidado de homens diagnosticados com diabetes mellitus tipo II

Fabiano Divino Alves Sousa, Jonas Rabelo Soares, Ronilson Ferreira Freitas

Resumo


Introdução: Atualmente tem-se observado uma elevação na prevalência de Diabetes Mellitus Tipo II (DM II), sendo considerado um grave problema de saúde pública, responsável por uma elevada taxa de mortalidade, em decorrência das complicações dessa doença. Objetivo: Avaliar as atividades de autocuidado de homens diagnosticados com Diabetes Mellitus Tipo II.  Materiais e Métodos: A pesquisa abrangeu a avaliação dos aspectos sociodemográficos, antropométricos, nível glicêmico e comportamento de autocuidado. Como estratégia de coleta de dados foram aplicados questionários e realizados testes glicêmicos, que acompanharam a obtenção de medidas de peso, altura, circunferência do quadril e cintura. Resultados: Destaca-se, na caracterização sociodemográfica, homens que se referiram com cor da pele parda (39,1%), casados (76,1%), com ensino fundamental incompleto (45,7%) e recebem ≤ 2 salários mínimos (91,3%). Com relação ao nível glicêmico e características antropométricas, foi possível observar que as médias estão acimas dos valores considerados normais. Ao analisar o autocuidado dos homens diagnosticados com diabetes mellitus tipo II, obteve-se uma pontuação maior para as atividades relacionadas à terapia medicamentosa e uma pontuação menor para as atividades relacionada à monitoração da glicemia e cuidado com os pés. Conclusão: Através deste estudo, é possível concluir que o comportamento de autocuidado dos homens diagnosticados com Diabetes Mellitus Tipo II se encontra indesejável.

ABSTRACT 

Self-care activities of men diagnosed with diabetes mellitus type II

Introduction: There has been an increase in the prevalence of Type II Diabetes Mellitus (DM II), being considered a serious public health problem, responsible for a high mortality rate, due to the complications of this disease. Objective: To evaluate the self-care activities of men diagnosed with Type II Diabetes Mellitus. Materials and Methods: The research covered the evaluation of sociodemographic, anthropometric, glycemic and self-care behavior. As a data collection strategy, questionnaires were performed and glycemic tests were performed, which included measurements of weight, height, waist circumference and waist circumference. Results: In the sociodemographic characterization, men who had brown skin color (39.1%), married (76.1%), incomplete elementary school (45.7%) and received ≤ 2 minimum wages (91.3%). Regarding the glycemic level and anthropometric characteristics, it was possible to observe that the averages are above the values considered normal. When analyzing the self-care of men diagnosed with type II diabetes mellitus, a higher score was achieved for activities related to drug therapy and a lower score for activities related to glycemic monitoring and foot care. Conclusion: Through this study, it is possible to conclude that the self-care behavior of men diagnosed with Type II Diabetes Mellitus is undesirable.


Palavras-chave


Diabetes Mellitus tipo II; Atividades de autocuidado; Homens

Texto completo:

PDF

Referências


-Araújo, L. C. R., Souza, L. B.; Nascimento, A. H. Estudo comparativo dos valores de glicemia venosa com glicosímetro versus dosagem laboratorial do Laboratório Santa Clara, da cidade de Anápolis. Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde. Vol. 17. Num. 5. 2013. p. 89-97.

-Assunção, S. C; Fonseca, A. P; Silveira, M.F; Caldeira, A.P; Pinho, L. Conhecimento e atitude de pacientes com diabetes mellitus da Atenção Primária à Saúde. Esc Anna Nery. Vol. 21. Num. 4. 2017.

-Baquedano, I. R.; Santos, M. A.; Martins, T. A.; Zanetti, M. L. Autocuidado de pessoas com diabetes mellitus atendidas em serviço de urgência no México. Rev. Latino-Am. Enfermagem. Vol. 18. Num. 6. 2010.

-Brito, I. C.; Lopes, A. A.; Araújo, L. M. B. Associação da Cor da Pele com Diabetes Mellitus Tipo 2 e Intolerância à Glicose em Mulheres Obesas de Salvador, Bahia. Arq Bras Endocrinol Metab. Vol. 45. Num. 5. 2001. p. 474-480.

-Carvalho, F. S; Netto, A. P; Zach, P; Sachs, A; Zanella, M.T. Importância da orientação nutricional e do teor de fibras da dieta no controle glicêmico de pacientes diabéticos tipo 2 sob intervenção educacional intensiva. Arq Bras Endocrinol Metab. Vol. 56. Num. 2. 2012.

-Corrêa, P. C. C.; Farias, L. M.; Lima, G. G.; Souza, A. R.; Feitoza, A.; Moura, A. D.; Rouberte, E. S. C. Percepção de portadores atendidos na Estratégia Saúde da Familia sobre diabetes mellitus tipo 2. Rev enferm UFPE on line. Vol. 11. Num. 4. 2017. p. 1645-1651.

-Cortez, D. N.; Reis, I. A.; Souza, D. A.; Macedo, M. M.; Torres, H. C. Complicações e o tempo de diagnóstico do diabetes mellitus na atenção primária. Acta Paul Enferm. Vol. 28. Num. 3. p. 250-255. 2015.

-Cortez, M. B.; Trindade, Z. A.; Menandro, M. C. S. Racionalidade e sofrimento: homens e práticas de autocuidado em saúde. Psicologia, Saúde e Doenças. Vol. 18. Num. 2. 2017. p. 556-566.

-Cubas, M. R.; Santos, O. M.; Retzlaff, E.M.A.; Telma, H.L.C.; Andrade, I.P.S., Moser, A.D.L.; Erzinger, A.R. Pé diabético: orientações e conhecimento sobre cuidados preventivos. Fisioter. Mov. Vol. 26. Num. 3. p. 647-655. 2013.

-Dias, J. C. P.; Ramos Jr., A. N.; Gontijo, E. D.; et al. II Consenso Brasileiro em Doença de Chagas, 2015. Epidemiol. Serv. Saúde. Vol. 25. 2016. p. 7-86.

-Duarte, M. R.; Carmo, J. A.; Goes Filho, V. S.; Santos, M. L. T.; Lago, J.; Freitas, R. F.; Reis, V. M. C. P.; Popoff, D. A. V.; Rocha, J. S. B. Análise do comportamento de autocuidado de homens diagnosticados com Diabetes Mellitus tipo II. Revista Brasileira de Qualidade de Vida. Vol. 5. Num. 2. 2013. p. 41-50.

-Faria, H.T.G; Zanetti, M.L Santos, M.A; Teixeira, C.R.S. Conhecimento sobre terapêutica medicamentosa em diabetes: um desafio na atenção à saúde. Acta Paul Enferm. Vol. 22. Num. 5. 2009. p. 612-617.

-Freitas, L. R. S.; Garcia, L. P. Evolução da prevalência do diabetes e deste associado à hipertensão arterial no Brasil: análise da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, 1998, 2003 e 2008. Epidemiol. Serv. Saúde. Vol. 21. Num. 1. 2012. p. 7-19.

-Goldenberg, P.; Schekman, S.; Franco, L. J. Prevalência de diabetes mellitus: diferenças de gênero e igualdade entre os sexos. Rev Bras Epidemiol. Vol. 6. Num. 1. 2003.

-Gomes-Villas Boas, L. C.; Foss, M. C.; Foss-Freitas, M. C.; Torres, H. C.; Monteiro, L. Z.; Pace, A. E. Adesão à dieta e ao exercício físico das pessoas com Diabetes Mellitus. Texto & Contexto Enfermagem. Vol. 20. Num. 2. 2011. p. 272-279.

-Gomides, D. S.; Villas-Boas, L. C. G.; Coelho, A. C. M.; Pace, A. E. Autocuidado das pessoas com diabetes mellitus que possuem complicações em membros inferiores. Acta Paul Enferm. Vol. 26. Num. 3. 2013. p. 289-293.

-Grillo, M. F. F.; Neumanna, C. R.; Scaina, S. F.; Rozeno, R. F.; Gross, J. L.; Leitão, C. B. Effect of different types of self-management education in patients with diabetes. Rev Assoc Med Bras. Vol. 59. Num. 4. 2013. p. 400-405.

-Iser, B. P. M.; Stopa, S. R.; Chueiri, P. S.; Szwarcwald, C. L.; Malta, D. C.; Monteiro, H. O. C.; Duncan, B. B.; Schmidt, M. I. Prevalência de diabetes autorreferido no Brasil: resultados da Pesquisa Nacional de Saúde 2013. Epidemiol. Serv. Saúde. Vol. 24. Num. 2. 2015. p. 305-314.

-Klafke, A.; Duncan, B. B.; Rosa, R. S.; Moura, L.; Malta, D. C.; Schmidt, M. I. Mortalidade por complicações agudas do diabetes melito no Brasil, 2006-2010. Epidemiol Serv Saúde. Vol. 23. Num. 3. 2014. p. 455-462.

-Lima, M.L.; Costa, J.F.L.; Oliveira, A.F.; Junior, J.N.B.; Peixoto, A.S.; Pancieri, M.S.; Caldas, C.A.M.; Pires, C.A.A. Educar para prevenir: a importância da informação no cuidado do pé diabético. Vol. 13. Num. 1. 2015.

-Machado, L. E.; Campos, R. O impacto da diabetes melito e da hipertensão arterial para a saúde pública. Saúde Meio Ambient. Vol. 3. Num. 2. 2014. p. 53-61.

-Medeiros, L. S. S.; Medeiros, L, S.S.; Morai, A. M. B.; Rolim, L.A.D.M. Importância do controle glicêmico como forma de prevenir complicações crônicas do diabetes mellitus. Revista Brasileira de Análises Clínicas. Vol. 48. Num. 3. p. 262-267. 2016.

-Michels, M. J.; Coral, M. H.; Sakae, T. M.; Damas, T. B.; Furlanetto, L. M. Questionário de atividades de autocuidado com diabetes: tradução, adaptação e avaliação das propriedades psicométricas. Arq Bras Endocrinol Metab. Vol. 54. Num. 7. 2010. p. 644-650.

-Nagai, P. A.; Chubaci, R.Y.S.; Neri, A. L. Idosos diabéticos: as motivações para o autocuidado. Revista Kairós Gerontologia. Vol. 15. Num. 6. 2012. p. 407-434.

-Orozco, L.B.; Alves, S.H.S. Diferenças do autocuidado entre pacientes com diabetes mellitustipo 1 e 2. Psic., Saúde & Doenças. Vol. 18. Num. 1. 2017.

-Reis, T. R.; Leal, J. A. M.; Lourenço, E. T. J.; Santos, D. N. Doença periodontal associada ao diabetes mellitus: relato de caso clínico. Revista Pró-UniverSUS. Vol. 2. Num. 4. 2017. p. 24.

-Rezende Neta, D. S.; Silva, A. R. V.; Silva, G. R. F. Adesão das pessoas com diabetes mellitus ao autocuidado com os pés. Rev Bras Enferm. Vol. 68. Num. 1. 2015. p. 111-116.

-Santos, A. L.; Cecílio, H. P. C.; Teston, E. F.; Arruda, G. O.; Peternella, F. M. N.; Marcon, S. S. Microvascular complications in type 2 diabetes and associated factors: a telephone survey of self-reported morbidity. Ciência & Saúde Coletiva. Vol. 20. Num. 3. 2015. p. 761-770.

-Schmidt, M. I.; Duncan, B. B.; HoffmannI, J. F.; Moura, L.; Malta, D. C.; Carvalho, R. M. S. V. Prevalence of diabetes and hypertension based on selfreported morbidity survey, Brazil, 2006. Rev Saúde Pública. Vol. 43. Supl. 2. 2009. p. 1-8.

-Souza, J.D.; Baptista, M.H.B.; Gomides, D.; Pace, A.E. Adesão ao cuidado em diabetes mellitus nos três níveis de atenção à saúde. Esc. Anna Nery. Vol. 21. Num. 4. 2017.

-Tinoco, A. L. A.; Brito, L. F.; Sant'Anna, M. S. L.; Abreu, W. C.; Mello, A. C.; Silva, M. M. S.; e colaboradores. Sobrepeso e obesidade medidos pelo índice de massa corporal (IMC), circunferência da cintura (CC) e relação cintura/quadril (RCQ), de idosos de um município da Zona da Mata Mineira. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia. Vol. 9. Núm. 2. 2006. p. 63-73.

-Toobert, D. J.; Hampson, S, E.; Glasgow, R.; E. The summary of diabetes selfcare activities measure: results from 7 studies and a revised scale. Diabetes Care. Vol. 23. Num. 7. 2000. p. 943-950.

-Xavier, A. T. F.; Bittar, D. B.; Ataíde, M. B. C. Crenças no autocuidado em diabetes - implicações para a prática. Texto Contexto Enferm. Vol. 18. Num. 1. 2009. p. 124-130.

-WHO. Global recommendations on physical activity for health. Geneve: World Health Organization; 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui