Relação da composição corporal e a percepção da imagem em mulheres praticantes de musculação

Priscila Oliveira da Silva, José Roberto de Maio Godoi Filho, Josivana Pontes dos Santos, José Nunes da Silva Filho, Luis Gonzaga de Oliveira Gonçalves, Edson dos Santos Farias

Resumo


Objetivo: Descrever a Percepção da Imagem Corporal (PIC) de mulheres praticantes de musculação e a sua relação com a composição corporal. Materiais e Métodos: Estudo transversal realizado com 99 mulheres de 18 a 59 anos de idade. Utilizou-se a escala de silhuetas de Stunkard para a avaliação da PIC. Para a avaliação da composição corporal utilizou-se as medidas antropométricas. Para a análise dos dados empregou-se os testes de Correlação de Pearson, Regressão Linear Múltipla e Regressão de Poisson. Resultados: As silhuetas 4 e 6 (24,2%) e a silhueta 4 (42,4%) são as mais citadas como reais e ideal, respectivamente. A maior parte das mulheres (84,8%) estava insatisfeita com sua PIC real em função do excesso de peso (95,7%), percentual de gordura (%G) (92,1%) e circunferência da cintura (CC) (86,4%). Os modelos de regressão com maior poder de predição da silhueta real levaram em consideração a CC (57% de explicação) e CC, dobra cutânea subescapular (DCSE) e supra-ilíaca (DCSI) (60% de explicação). A Razão de Prevalência (RP) com a insatisfação com a PIC 1,650, 1,298 e 1,094 vezes maior nas mulheres classificadas com risco de excesso de gordura geral. Conclusão: A silhueta real e ideal mais citada foi a 4, as correlações mais altas com a silhueta real IMC, DCSE, DCSI e CC, na regressão linear múltipla a CC explicou em 57% e a CC, DCSE e DCSI 60%. Ocorreu-se a prevalência geral com a insatisfação com a PIC alta, associada ao IMC, %G e CC.

 

ABSTRACT 

Relationship of body composition and image perception in musculation practicing women

Objective: To describe Body Image Perception (PIC) of women practicing bodybuilding and its correlation with body composition. Materials and methods: A cross-sectional study was performed with 99 women aged 18-59 years. The Stunkard silhouettes scale was used for the evaluation of ICP. The anthropometric measures were used to evaluate the body composition. Data analysis was performed using the Pearson Correlation, Multiple Linear Regression and Poisson Regression tests. Results: The silhouettes 4 and 6 (24.2%) and the silhouette 4 (42.4%) are the most cited as real and ideal, respectively. Most women (84.8%) were dissatisfied with their actual PIC because of overweight (95.7%), fat percentage (% G) (92.1%) and waist circumference (WC) (86.4%). The regression models with greater power of prediction of the real silhouette took into consideration CC (57% of explanation) and CC, subscapular skin fold (DCSE) and supra-iliac (DCSI) (60% of explanation). The Prevalence Ratio (PR) with dissatisfaction with ICP was 1,650, 1,298 and 1,094 times higher in women classified as risk of general excess fat. Conclusion: The highest and most cited ideal silhouette was the 4, the highest correlations with the actual silhouette were IMC, DCSE, DCSI and CC, in the multiple linear regression the CC explained in 57% and DC, DCSE and DCSI 60%. The general prevalence occurred with dissatisfaction with high ICP, associated with BMI,% G and CC.


Palavras-chave


Mulheres; Imagem corporal; Musculação

Texto completo:

PDF

Referências


-Ainett, W.S.O.; Costa, V.V.L.; Sá, N.N.B. Fatores associados à insatisfação com a imagem corporal em estudantes de Nutrição. RBONE-Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. Vol. 11. Num. 62. p. 75-85. 2017. Disponível em:

-Baker, L.; Gringart, E. Body image and self-esteem in older adulthood. Ageing & Society. Vol. 29. Num. 6. 2009. p. 977-995.

-Barros, A. J.; Hirakata, V. N. Alternatives for logistical regression in cross-sectional studies: an empirical comparison of models that directly estimate the prevalence ratio. BMC Medical Research Methodology. Vol. 3. Num. 1. 2003. p. 1-2.

-Bevilacqua, L.A.; Daronco, L.S.E.; Balsan, L.A.G. Fatores associados à insatisfação com a imagem corporal e autoestima em mulheres ativas. Salusvita. Vol. 31. Num. 1. 2012. p. 55-69.

-Callaway, C.W.; Chumlea, W.C.; Bouchard, C.; Himes, J.H.; Lohman, T.G.; Martin, A.D. Circumferences. In: Lohman, T.G.; Roche, A.F.; Martorell, R. editors. Anthropometric standardization reference manual. Champaign: Human Kinetics Books. 1988. p. 44-45.

-Coelho, E.J.N.; Fagundes, T.F. Imagem Corporal de mulheres de diferentes classes econômicas. Revista Motriz. Vol. 13. Num. 2. Supl. 2007. p. S37-43.

-Damasceno, V. O.; Lima, J. R. P.; Vianna, J. M.; Vianna, V. R. A.; Novaes, J. S. Tipo físico ideal e satisfação com a imagem corporal de praticantes de caminhada. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 11. Num. 3. 2005. p. 181-186.

-Feijoo, A.M.LC. Correlação. In: A pesquisa e a estatística na psicologia e na educação [online]. Rio de Janeiro: Centro Edelstein de Pesquisas Sociais, 2010. p. 70-77.

-Fermino, R.C.; Pezzini, M.R.; Reis, R.S. Motivos para prática de atividade física e imagem corporal em frequentadores de academia. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 16. Num. 1. 2010. p. 18-23.

-Frank, R.; Claumann, G.S.; Pinto, A.A.; Cordeiro, P.C.; Felden, E.P.G.; Pelegrini, A. Fatores associados à insatisfação com a imagem corporal em acadêmicos de Educação Física. Jornal Brasileiro de Psiquiatria. Vol. 65. Num. 2. 2016. p. 161-167.

-Guedes, D.P. Composição Corporal: Princípios Técnicas e Aplicações. Ed. APEF – Londrina, 1994. p. 311.

-Hale, B.D.; Diehl, D.; Weaver, K.; Briggs, M. Exercise dependence and muscle dysmorphia in novice and experienced female bodybuilders. Journal of Behavioral Addictions. Vol. 2. Num. 4. 2013. p. 244-248.

-Hayes, J.F.; Giles, G.E.; Mahoney, C.R.; Kanarek, R.B. Breakfast food health and acute exercise: Effects on state body image. Eat Behav. Vol. 10. Num. 30. 2018. p. 22-27.

-Junior, C.R.R.R.; Oliveira, J.T.G.; Reis, L.A.; Ferreira, M.E.C. Associação entre insatisfação com a massa corporal e objetivos com a atividade física de mulheres frequentadoras de academias de ginástica. Revista Conexões. Vol. 14. Num. 2. 2016. p. 73-89.

-Karazsia, B.T.; Murnen, S.K.; Tylka, T.L. Is body dissatisfaction changing across time? A cross-temporal meta-analysis. Psychol Bull. Vol. 143. Num. 3. 2017. p. 293-320.

-Laus, M.F.; Almeida, S.S.; Murarole, M.B.; Braga-Costa, T.M. Estudo de validação e fidedignidade de escalas de silhuetas brasileiras em adolescentes. Revista de Psicologia: Teoria e Pesquisa. Vol. 29. Num. 4. 2014. p. 403-409.

-Lynch, E.B.; Kane, J. Body size perception among African American women. Journal of Nutrition Education and Behavior. Vol. 46. Num. 5. 2014. p. 412-417.

-Maia, M.F.M.; Sousa, B.V.O.; Tolentino, F.M.; Silveira, M.G.; Tolentino, T.M. Autopercepção de imagem corporal por mulheres jovens adultas e da meia-idade praticantes de caminhada. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde. Vol. 16. Num. 4. 2011. p. 309-315.

-Martins Ginis, K.A.; Strong, H.A.; Arent, S.M.; Bray, S.R.; Bassett-Gunter, R.L. The effects of aerobic-versus strength-training on body image among young women with pre-existing body image concerns. Body image. Vol. 11. Num. 3. 2014. p. 219-227.

-Martins, C.R.; Petroski, E.L. Insatisfação com a imagem corporal em adolescentes do sexo feminino de uma cidade de pequeno porte: prevalência e correlações. Revista Motricidade. Vol. 11. Num. 2. 2015. p. 94-106.

-Mills, J.S.; Jadd, R.; Key, B.L. Wanting a body that's better than average: the effect of manipulated body norms on ideal bodysize perception. Body Image. Vol. 9. Num. 3. 2012. p. 365-372.

-Mölbert, S.C.; Klein, L.; Thaler, A.; Mohler, B.J.; Brozzo, C.; Martus, P.; Karnath, H.O.; Zipfel, S.; Giel, K.E. Depictive and metric body size estimation in anorexia nervosa and bulimia nervosa: A systematic review and meta-analysis. Clin Psychol Rev. Vol. 57. 2017. p. 57:21-31.

-Morais, E.F.E.; Nascimento, R.A.; Vieira, M.C.A.; Moreira, M.A.; Câmara, S.M.A.; Maciel, A.C.C.; Almeida, M. G. Does body image perception relate to quality of life in middle-aged women? PLoS ONE. Vol. 12. Num. 9. 2017. p. 0184031.

-Paans, N.P.G.; Bot, M.; Brouwer, I.A.; Visser, M.; Penninx, B.W.J.H. Contributions of depression and body mass index to body image. J Psychiatr Res. Vol. 7. Num. 103. 2018. p. 18-25.

-Petroski, E.L. Antropometria: técnicas e padronizações. Porto Alegre: Pallotti, 2009. p. 208.

-Poltronieria, T.S; Tussetb, C.; Gregolettoc, M.L.O.; Cremonese, C. Insatisfação com a imagem corporal e fatores associados em mulheres do sul do Brasil. Revista Ciência & Saúde Coletiva. Vol. 9. Num. 3. 2016. p. 128-134.

-Pop, C.L. Association between Body Mass Index and Self Body Image Perception. Iran Journal of Public Health. Vol. 46. Num. 12. 2017. p. 1744-1745.

-Scagliusi, F.B.; Polacow, V.O.; Cordás, T.A.; Coelho, D.; Alvarenga, M.; Philippi, S.T.; Lancha-Júnior, A.H. Test-retest reliability and discriminant validity of the Restraint Scale translated into Portuguese. Eating Behaviors. Vol. 6. Num. 1. 2005. p. 85-93.

-Silva, J.D.; Silva, A.B.J.; Oliveira, A.V.K.; Nemer, A.S.A. Influência do estado nutricional no risco para transtornos alimentares em estudantes de nutrição. Revista Ciência & Saúde Coletiva. Vol. 17. Num. 12. 2012. p. 3399-3406.

-Siri, W.E. Body composition from fluid spaces and density: analysis of method. In: Brozek J, Henschel A. Techniques for measuring body composition. National Academy of Sciences. 1961. p. 223 - 4. Lohman, T.G. Advances in body composition assessment. Champaign, Illinois: Human Kinetics Publishers, 1992.

-Souto, S.V.D.; Novaes, J.S.; Monteiro, M.D.; Neto, G.R.; Carvalhal, M.I.M.; Coelho, E. Imagem corporal em mulheres adultas vs. meia-idade e idosas praticantes e não praticantes de hidroginástica. Revista Motricidade. Vol. 12. Num. 1. 2016. p. 53-59.

-Stunkard, A.J.; Sørensen, T.I.; Hanis, C.; Teasdale, T.W.; Chakraborty, R.; Schull, W.J.; Schulsinger, F. An adoption study of human obesity. The New England Journal of Medicine. Vol. 14. Num. 4. 1986. p. 193-198.

-Viana, H.B.; Santos, E.G.C.; Monteiro, O.B.; Imagem corporal, perfil lipídico e nível de atividade física de mulheres em projeto de emagrecimento. Revista Ciência & Saúde Coletiva. Vol. 21. Num. 1. 2017. p. 51-58.

-World Health Organization (WHO). Global status report on noncommunicable diseases 2010. Geneva: World Health Organization, 2011.

-World Health Organization (WHO). Obesity and overweight. Fact sheet nº 311. Geneva: World Health Organization, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui