Intervenção nutricional em adolescente com obesidade grave: relato de caso

Márcia de Fátima Corrêa Alves, Romênia Vidal de Freitas Estrela, Adriano Augusto Reis de Souza, Rosilene Reis Della Noce

Resumo


A obesidade é causada pela interação entre fatores genéticos, metabólicos, psicológicos e comportamentais, independente de classe social, gênero e idade. Os números da obesidade no Brasil são crescentes, sobretudo no público infantojuvenil. O objetivo desse estudo foi relatar caso de adolescente diagnosticada com obesidade grave, descrevendo os efeitos da intervenção nutricional sobre a composição corporal. Esse estudo de caso foi realizado no Centro de Referência em Obesidade do Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza, localizado na Universidade Federal do Pará. Na primeira consulta, a paciente foi submetida ao protocolo inicial de atendimento. Identificou-se que a mesma nasceu com excesso de peso e não recebeu aleitamento materno, possui histórico familiar de doenças não transmissíveis e renda familiar insuficiente. A intervenção nutricional se baseou nas diretrizes para alimentação saudável e no último Guia Alimentar para a População Brasileira. Após um ano de acompanhamento, houve redução do peso, do Índice de Massa Corporal, de gordura corporal e de circunferência da cintura. Entretanto, ainda não há prática regular de exercício físico. A assistência nutricional se mostrou eficaz, mas ainda há a necessidade de melhorar o nível de atividade física.

 

ABSTRACT 

Nutritional intervention in adolescent with severe obesity: case report

Obesity is caused by the interaction between genetic, metabolic, psychological and behavioral factors, regardless of social class, gender and age. The numbers of the obesity in Brazil are increasing, especially in children and adolescents. The aim of this study is to report a case of adolescent diagnosed with severe obesity, describing the effects of nutritional intervention on body composition. This case study was carried at the Obesity Reference Center of Bettina Ferro de Souza University Hospital, located at the University of Para. At the first visit, the patient was submitted to the initial protocol of care. Overweight was identified at birth and did not receive breast feeding, family history of non-communicable diseases and insufficient family income. The nutritional intervention was based on the guidelines for healthy diet and the last Food Guide for the Brazilian Population. After one year of follow-up, there has been weight, Body Mass Index, body fat and waist circumference reductions. However, no regular practice of physical exercise has been adopted yet. Nutrition assistance has proven to be effective, but there is still a need to improve the level of physical activity.


Palavras-chave


Obesidade; Adolescente; Avaliação nutricional; Hábitos alimentares; Relatos de casos

Texto completo:

PDF

Referências


-ABESO. Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. Diretrizes Brasileiras de Obesidade, 4ª edição. 2016.

-Brasil. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica. Ministério do Planejamento. Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009: despesas, rendimentos e condições de vida. Brasília. IBGE. 2010.

-Brasil. Ministério da Saúde. Guia Alimentar para a População Brasileira. 2ª edição. Brasília. Ministério da Saúde. 2014.

-Brasil. Ministério da Saúde. Vigilância alimentar e nutricional - SISVAN: orientações básicas para a coleta, processamento, análise de dados e informação em serviços de saúde. Brasília. 2004.

-Brasil. Ministério do Planejamento, Orçamento Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional de Saúde. Manual de Antropometria. Rio de Janeiro. 2013. Disponível em:

-Camargo, A.P.P.M.; Barros, F.A.A.; Antônio, M.A.R.G.M.; Giglio, J.S. A não percepção da obesidade pode ser um obstáculo no papel das mães de cuidar de seus filhos. Ciência e Saúde Coletiva. Vol. 18. Num. 2. 2013. p. 323-333.

-Costa, J.V.; Silva, A.R.V.; Moura, I.H.; Carvalho, R.B.N.; Bernardes, L.E.; Almeida, P.C. Análise de fatores de risco para hipertensão arterial em adolescentes escolares. Revista Latino-Americana de Enfermagem. Vol. 20. Num. 2. 2012. p. 289-295.

-Daniels, S.R.; Hassink, S.G.; Committee On, N. The role of the pediatrician in primary prevention of obesity. Pediatrics. Vol. 136. 2015. p. 275-292.

-De Onis, M; Onyango, A.W; Borghi, E; Siyam, A; Nishida, C; Siekmann, J. Development of a WHO growth reference for school-aged children and adolescents. Bull World Health Organ, Vol. 85. Num. 9. 2007. p. 660-667.

-Dornelles, A.D.; Camarata, M.A.; Pizzinato, A. O papel da sociedade e da família na assistência ao sobrepeso e à obesidade infantil: percepção de trabalhadores da saúde em diferentes níveis de atenção. Saúde Soc. Vol. 23. Num. 4. 2014. p. 1275-1287.

-Fidelix, Y.L; Farias Júnior, J.C; Lofrano-Prado, M.C; Guerra, R.L; Cardel, M; Prado, W.L. Intervenção multidisciplinar em adolescentes obesos: preditores de desistência. Einstein. Vol. 13. Num. 3. 2015. p. 388-394.

-Fisberg, M.; Maximino, P.; Kaind, J.; Kovalskys, I. Obesogenic environment - intervention opportunities. Jornal de Pediatria (Rio de Janeiro). Vol. 92. Num. 3. 2016. p. 30-39.

-Gazolla, F.M.; Bordallo, M.A.N.; Madeira, I.R.; Carvalho, C.N.M.; Collett-Solberg, P.F.; Bordallo, A.P.N.; Medeiros, C.B.; Cunha, C.B. Fatores de risco cardiovasculares em crianças obesas. Revista HUPE. Vol. 13. Num. 1. 2014. p. 6-32.

-Mareno, N. Parental perception of child weight: a concept analysis. J Adv Nurs. Vol. 70. Num. 1. 2014. p. 34-45.

-Mariz, L.S.; Enders, B.C; Santos, V.E.P.; Tourinho, F.S.V.; Vieira, C.E.N.K. Causas de obesidade infantojuvenil: reflexões segundo a Teoria de Hannah Arendt. Texto Contexto Enfermagem. Vol. 24. Num. 3. 2015. p. 891-897.

-Mariz, L.S; Medeiros, C.C.M; Enders, B.C; Vieira, C.E.N.K; Medeiros, K.K.A.S; Coura, A.S. Risk factors associated with treatment abandonment by overweight or obese children and adolescents. Invest Educ Enferm. Vol 34. Num. 2. 2016.

-Massabki, L.H.P.; Sewaybricker, L.E.; Nakamura, K.H.; Mendes, R.T.; Filho, A.A.B.; Antonio, M.A.R.G.M; Zambon, M.P. Cirurgia bariátrica: é razoável antes dos 16 anos de idade? Rev. Col. Bras. Cir. Vol. 43. Num. 5. 2016. p. 360-367.

-Matsudo, S.; Araújo, T.; Matsudo, V.; Andrade, D.; Andrade, E.; Oliveira, L.C.; Braggion, G. Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ): Estudo de validade e reprodutibilidade no Brasil. Atividade física e saúde. Vol. 6. Num. 2. 2001. p. 5-18.

-Minossi, V; Raupp, S.M.M; Townsend, R.T; Lopes, M.L.R. Duração do aleitamento materno e o excesso de peso. Revista do Departamento de Educação Física e Saúde e do Mestrado em Promoção da Saúde da Universidade de Santa Cruz do Sul. Vol. 14. Num. 1. 2013. p. 1-6.

-Nascimento, V.G; da Silva, J.P.C; Ferreira, P.C; Bertold, C.J; Leone, C. Aleitamento materno, introdução precoce de leite não materno e excesso de peso na idade pré escolar. Revista Paulista de Pediatra. Vol. 34. Num. 4. 2016. p. 454-459.

-Niemeier, B.S.; Hektner, J.M.; Enger, K.B. Parent participationin weight-related health interventions for children and ado-lescents: a systematic review and meta-analysis. Prev Med. Vol. 55. 2012. p. 3-13.

-Pereira, D.Z. A representação social de um corpo magro por adolescentes obesas. Dissertação de Mestrado. Faculdade de Saúde Pública da USP. 2011.

-Rodrigues, A.M; Alves, O.M.A; Amorim, E.C.B.L.F. Impacto do Projeto de Intervenção na Obesidade Infantil no primeiro ciclo de um agrupamento de escolas. Revista de Enfermagem Referência. Vol. 4. Num. 5. 2015.

-Sarrafzadegan, N.; Gharipour, M.; Sadeghi, M.; Nouri, F.; Asgary, S.; Zar-feshani, S. Differences in the prevalence of metabolic syndromein boys and girls based on various definitions. ARYA Atheroscleris. Num. 9. 2013. p. 70-76.

-Souza, V.Z.; Reneis, M.D.M.; Dalbello, M.O.; Gonçalves, L.M.; Rezende, T.M.; Silva Júnior, A.J. Correlação entre atividade física, repouso, riscos cardiovasculares e obesidade em crianças. Revista Brasileira de Ciências da Saúde. Vol. 20. Num. 2. 2016. p. 107-114.

-Victorino, S.V.Z; Soares, L.G; Marcon, S.S; Higarashi, I.H. Viver com obesidade infantil: a experiência de crianças inscritas em programa de acompanhamento multidisciplinar. Rev Rene. Vol. 15. Num. 6. 2014. p. 980-989.

-World Health Organization (WHO). Population-based approaches to childhood obesity prevention. Geneva. 2012. Disponível em: . Acesso em: 24/03/2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBONE - Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato:aqui